Domingo, 27 de Setembro de 2020
Viagens fluviais suspensas

Irmãs pedem autorização para viajarem de barco e cuidar do pai de 94 anos

O idoso está no município de Oriximiná, no Estado do Pará, com uma filha que tem necessidades especiais



idoso_C4D7B78D-2FB0-4A99-A6DF-92891E20374F.JPG Fotos: Divulgação
22/04/2020 às 18:28

A cabeleireira Cezarina Monteiro, 55, e as duas irmãs que residem em Manaus estão impossibilitadas de visitarem o pai, um idoso de 94 anos, que mora no município de Oriximiná, no estado do Pará, distante da capital amazonense a 485 quilômetros. Eles pedem que o Governo do Estado, por meio da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), libere a viagem porque o idoso necessita de cuidados especiais.

O impedimento é devido ao último Decreto Estadual 42.185 o qual prorroga, até o dia 30 de abril, a suspensão do serviço de transporte fluvial de passageiros dentro da área territorial de abrangência do Estado. Conforme o Governo do Amazonas, a medida tem o objetivo de evitar a circulação e a aglomeração de pessoas, como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus, causador da Covid-19.

O problema é que a família não tem notícia referente ao bem-estar do idoso há um mês, quando uma das irmãs retornou de Oriximiná no dia 20 de março. À época, o cunhado de Cezarina era quem viajaria para cuidar do parente, porém teve a notícia da suspensão das viagens de barco.

Segundo Cezarina, os familiares costumam se revezar para cuidar do idoso que precisa que alguém compre a alimentação, prepare a refeição e realize as tarefas domésticas. Na residência mora além do pai, uma outra irmã da cabeleireira que tem 65 anos, portadora de necessidades especiais e não tem condições de suprir as atividades.



“A minha mãe faleceu em 2014 e de lá para cá, a gente tem se revezado sempre para que ele não fique sozinho com a minha irmã especial. Então é assim, enquanto um familiar retorna para Manaus, outro vai para Oriximiná. E como uma irmã é aposentada e a outra não tem trabalho fixo, elas vão com mais frequência que eu e até os meus cunhados também ajudam”, explicou.

A preocupação, de acordo com ela, é que não há quem cuide do pai e nem notícias sobre o estado de saúde dele.

“Os governos tanto daqui quanto de lá não estão permitindo passageiros nas embarcações, ou seja, a nossa preocupação maior é que alguém cuide dele porque, quando a gente está lá, nós fazemos tudo o que é necessária e ainda servimos como companhia para ele”, contou Cezarina que afirma ter outro obstáculo antes de chegar em Oriximiná, a cidade de Juruti, também no Pará, que também restringe viagens em embarcações.

Ao ACrítica, ela faz um apelo ao Governo do Amazonas para que consiga uma autorização para chegar ao destino do pai. “Nós gostaríamos de pedir ajuda. Porque por mais que a gente consiga a possibilidade de viajar de Manaus, ao chegar em Juruti pode ser que barrem a nossa passagem. Então é mais um problema, o que nos desespera. Nós ligamos para ele todos os dias, e ele fala que está tudo bem, mas nós sabemos que não está”.

Possibilidade de viagem em situações de urgência

De acordo com a Secretaria de Comunicação Social do Estado, somente em casos extremos há a possibilidade de permitir o transporte fluvial de passageiros. “Uma vez que o Decreto define situações como essas, exceções definidas como situações de urgência e emergência”, afirmou em nota.

A Secom também ressaltou que a Arsepam disponibiliza um WhatsApp 24 horas - 98408-1799 - para denúncias e informações a respeito da suspensão do serviço de transporte fluvial e rodoviário intermunicipal.

Decreto estadual para transporte terrestre

O Decreto nº 42.216, publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) de 20 de abril prorroga, até 30 de abril, a suspensão do transporte intermunicipal e interestadual terrestre de pessoas em ônibus e micro-ônibus (públicos e privados), vans e similares, táxis e transporte por aplicativo, inclusive os compartilhados e os tipo lotação. A medida mantém a suspensão determinada no Decreto nº 42.158, de 4 de abril.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.