Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
SOLIDARIEDADE

Jovem busca ajuda para continuar tratamento de câncer em cachorro

Uma vaquinha online está disponível para angariar recursos que possibilitarão restabelecer a saúde do cão Rubinho, que mora no Armando Mendes. O pet foi diagnósticado no início deste mês com tumor no pênis e na perna



WhatsApp_Image_2020-06-22_at_14.50.12_C8F6D40B-2E83-4CA8-AF2C-37B6A6FE8ADE.jpeg (Fotos: Divulgação)
22/06/2020 às 17:08

O cachorro Rubinho, de aproximadamente dois anos de idade e sem raça definida (SRD), conta com a solidariedade dos moradores da Rua I, Bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, e ativistas das causas animais para enfrentar neoplasias que surgiram pelo corpo, uma na região do pênis e outra na perna, próximo à pata esquerda.

Robson Pereira, 18 anos, lançou no início deste mês, uma vaquinha online para arrecadar recursos financeiros que serão utilizados no tratamento de Rubinho.  Por telefone, o jovem relatou que Rubinho apareceu na Rua I, há cerca de um ano. E foi adotado por todos da rua, se tornando um “cachorro comunitário”. Acesse a vaquinha clicando aqui.



“Acredito que ele (Rubinho) foi abandonado na rua e também sofreu com maus tratos, pois, no início era muito violento. Embora seja ‘vira lata’ ele lembra muito cachorro da raça shar – pei. Notamos no início do mês que ele estava diferente. Apresentou as primeiras feridas e perdeu peso muito rápido”, detalhou Robson. “Estamos cuidando dele desde o dia 2 de junho. Foi quando tudo começou”, complementou.

Com ajuda de voluntários e ativistas de causas animais, a peregrinação em prol da saúde de Rubinho começou com o diagnóstico de câncer e, além disso, condições inerentes à situação de rua em que vive e a idade do animal, como a sarna. O cão toma seis medicamentos diferente, segundo Robson, o mais caro custa R$ 90.

“Tem um remédio que custa R$ 20 com apenas oito doses. Fora os custo com a alimentação. Ele (Rubinho) é de porte grande. Não foi fácil o resgate dele. Acho que sentia muita dor”, lembra Robson. A quimioterapia em Rubinho, custa R$ 140. O jovem relata que foi por meio da Organização Não Governamental (ONG) Anjos de Rua conseguiu dar início ao tratamento.

Existem gastos como transporte, alimentação do animal e medicamentos que precisam ser administrados para a recuperação total de Rubinho.  No dia 18 deste mês em uma rede social, Robson, compartilhou os primeiros sinais de melhora de Rubinho. Quem quiser ajudar o perfil no instagram (@eai_robson17) de Robson consta o número para contato.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.