Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020
Manaus

Jovem esfaqueado no peito durante assalto no T1 morre após três dias internado

Leonardo Martins da Costa, de 18 anos, precisou de três pontos no coração após a agressão, quando se assustou e tentou fugir dos criminosos dentro do Terminal de Integração da av. Constantino Nery. Ele faleceu após uma parada cardíaca, enquanto ainda estava internado



1.jpg Mãe da vítima acredita que ele se assustou no momento do assalto e por isso correu, fazendo com que fosse esfaqueado
25/03/2015 às 11:03

Após três dias internado no Hospital Pronto-socorro 28 de Agosto, o estudante Leonardo Martins da Costa, 18 anos, vítima de arma branca, morreu na noite de desta terça-feira (24), após uma parada cardíaca.

De acordo com a mãe, a autônoma Neila Maria, 35, o filho havia sido esfaqueado no peito no dia 21 deste mês dentro do Terminal de Integração (T1), localixado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, Zona Centro-Sul de Manaus.

Ela contou que Leonardo retornava de um show ocorrido naquela noite no Parque dos Bilhares. Quando esperava o ônibus para retornar para sua casa, ele foi abordado por vários adolescentes, que estavam armados com facas.

Segundo a mãe, o filho não reagiu e só foi esfaqueado porque houve uma confusão na parte superior do terminal e várias pessoas correram na direção dele.

"Ele se assutou com a multidão correndo e correu também. Foi quando o rapaz deu o golpe nele", disse a mãe. Em seguida, ele foi socorrido por populares e levado ao hospital, onde ficou internado.

Conforme a autônoma, a perfuração atingiu parte do coração de Jefferson. "Ele precisou de três pontos no coração. Ele até estava bem, mas ontem teve uma parada e não resistiu", lamentou.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está investigando o caso, mas ainda não tem pistas sobre nenhum suspeito.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.