Publicidade
Manaus
Manaus

Jovem que confessou assassinato de pai deve passar por especialista para saber se possui distúrbio

Psicóloga e assistente social ressaltam a necessidade de Kinberlin de Jesus, que afirmou ter sido abusada sexualmente pelo pai, passar por avaliações 11/06/2015 às 15:32
Show 1
Mala e enxada foram emprestadas por vizinho, que achou tudo muito estranho
acritica.com Manaus (AM)

Kinberlin de Jesus, de 19 anos, que confessou ter matado o pai na madrugada da última terça-feira (9) com 13 facadas e que disse que o crime foi motivado porque ela sofria abusos sexuais dele, deve passar por um especialista para saber se tem ou não algum tipo de distúrbio psicológico que a levou a cometer o crime. A avaliação é da assistente social especializada em doenças mentais, Rocineia Souza, Kinberlin deve passar por um especialista.

“É preciso reconhecer que existe uma série de outros problemas que podem levar alguém à violência”, afirma a assistente social.

De acordo com Rocineia, caso seja confirmado que Kinberlin é portadora de doenças mentais, hoje existem os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que podem auxiliar no tratamento da jovem.

Psicóloga afirma que caso de abuso gera ódio mortal

Para a psicóloga Ana Paula Silva, uma vida de recorrentes violências, inclusive as do tipo sexual, pode levar a vítima a revidar contra o agressor e, em alguns casos, como alega Kinberlin, tudo pode acabar em tragédia e morte.

Porém, para Ana Paula, a frieza em descrever os fatos ocorridos e a forma trágica como ocorreram podem indicar algum distúrbio psicológico mais grave. Esse distúrbio, que ainda não se sabe qual é, tem outros agravantes que somados podem ter contribuído para o desfecho trágico, pontua. Os supostos anos de abuso sexual contribuem para que na vida adulta os indivíduos saibam ou não tomar decisões, aponta.

“O que se pode afirmar com certeza é que esta moça deverá ser submetida a avaliação psicológica, psiquiátrica e social para que essas hipóteses sejam confirmadas”, observa.

Publicidade
Publicidade