Publicidade
Manaus
Manaus

Jovem receberia R$ 2 mil pra roubar veículo de funcionário da Petrobras executado no Eldorado

O roubo, que vitimou Márcio Adriano Brito em março deste ano, seria a mando de um traficante do bairro Novo Israel. O carro foi encontrado por policiais civis no dia seguinte, abandonado em uma rua da Zona Norte de Manaus 15/06/2015 às 14:38
Show 1
A polícia chegou até Daniel por meio de imagens de câmeras de segurança que flagraram todo o crime.
Acrítica.com Manaus (AM)

Daniel Gomes de Souza, de 18 anos, foi preso na tarde da última sexta-feira (12), na rua Monte Horebe, bairro Novo Israel, apontado como um dos envolvidos em um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no dia 25 de março deste ano, que resultou na morte do técnico em segurança do trabalho da Petrobras, Márcio Adriano Batista, de 38 anos. Daniel é apontado como autor do disparo fatal.

Conforme o delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Felix, o homem confessou em depoimento que o roubo seria a mando de um traficante do bairro, que não teve o nome divulgado. No dia do crime Daniel agiu com outro homem, identificado como Rodrigo Paes, e eles receberiam R$ 2 mil pelo serviço.

Primeiro a dupla tentou roubar um carro de uma mulher, que teve a identidade preservada pela polícia. Ao perceberem que o veículo tinha câmbio automático e que não iriam conseguir dirigir o automóvel, abandonaram o local e seguiram em busca de outra vítima.

Foi quando os homens avistaram Márcio estacionando seu veículo, uma Chevrolet S10 dourada, de placas OAC-2103, na Praça Altair Nunes do Conjunto Eldorado, Zona Centro-Sul da capital. Ele anunciaram o roubo, mas vítima reagiu e acabou alvejada na nuca por um tiro disparado por Daniel. Após isto, a dupla ainda roubou o automóvel do funcionário e fugiu do local.

O carro foi encontrado por policiais civis no dia seguinte, abandonado na Zona Norte de Manaus. A polícia chegou até Daniel por meio de imagens de câmeras de segurança que flagraram todo o crime. As investigações irão continuar para localizar e prender Rodrigo.

Daniel foi indiciado pelo crime de latrocínio e, após os procedimentos cabíveis, será encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, localizada na avenida 7 de Setembro, no Centro de Manaus. 


Publicidade
Publicidade