Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
MOBILIZAÇÃO

Junho Vermelho encerra com comparecimento de mais de 5 mil pessoas ao Hemoam

Apesar da pandemia, a queda no número de doações neste mês foi de apenas 2% em relação ao ano passado



DIVULGA__O_Hemoam__3__76B58265-58B7-4BF6-9C44-A5CD104DB6BD.jpg Foto: Divulgação/Hemoam
30/06/2020 às 18:35

Dos dias 1º até 30 de junho, a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) recebeu pouco mais de 5.100 candidatos à doação de sangue. Desse total, 4.080 foram aptos a doar. O número aponta uma queda de 2% em relação ao mês de junho de 2019, quando foram contabilizados 5.670 comparecimentos e 4.100 doações aptas.

O resultado é excelente, levando-se em consideração a pandemia de Covid-19. Para esse desempenho, a Fundação teve o apoio da sociedade civil organizada, empresas privadas, igrejas e instituições públicas, que ajudaram a mobilizar os doadores de sangue e a garantir o fornecimento do produto para todo o estado.



“O mês de junho é considerado o mais crítico do ano para o estoque de sangue de todos os hemocentros do país. Somando a isso a pandemia, ficamos bastante preocupados e buscamos apoio de diversos grupos de esporte amador e profissional, das Forças Armadas, das igrejas, empresas e de órgãos do poder público também”, contou a diretora do Hemoam, Socorro Sampaio.

Segundo a diretora, que também é médica hematologista e hemoterapeuta, em períodos normais, o comparecimento de doadores na instituição gira em torno de 180 a 250 por dia. A partir da segunda quinzena de março, esse número caiu em mais da metade.

A preocupação em relação ao estoque de sangue permanece. “Sabemos que a pandemia ainda não passou e continuamos convocando os doadores de sangue ou pessoas que queiram ser doadoras para virem dar sua contribuição para a saúde da população”, alertou Sampaio, ao destacar que, só em junho, o Hemoam distribuiu 6.729 componentes do sangue para a capital e o interior do Amazonas.

Parcerias

Entre as parcerias e mobilizações realizadas em junho, o grupo Super Doadoras movimentou atletas profissionais e amadores nos dias 13, 18 e 19 de junho.

No dia 16, uma parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sensibilizou torcedores e jogadores de pelo menos dez clubes do futebol amazonense. A iniciativa se repetiu em vários estados brasileiros, com organização da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH).

No dia 17, o Hemoam preparou uma programação especial aos doadores, com lanche diferenciado e a participação de instituições como o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) e Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), além de estudantes universitários e membros de igrejas da capital.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.