Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
DECISÃO

Justiça condena autor de tiro em delegado Péricles a 12 anos de prisão

Adriano de Almeida, o 'Maçarico', era acusado de ter disparado tiro que atingiu o deputado estadual durante ação policial em outubro de 2017. Maçarico foi condenado por tentativa de homicídio qualificado



66c974ea-b214-46b4-8a75-47862e98f45b_17F8E65D-5BE8-42D9-B8FC-6E4C99ED0B3D.jpg Foto: Arquivo/AC
27/11/2019 às 17:27

Adriano Lima de Almeida, o 'Maçarico', acusado de disparar tiro que atingiu o deputado estadual Delegado Péricles (PSL), no dia 8 de outubro de 2017, durante ação policial, foi condenado, na tarde desta quarta-feira (27), a 12 anos e 8 meses por tentativa de homicídio qualificado praticado contra agente de segurança pública no exercício da função. Péricles esteve, ainda na manhã de hoje, no 3. Tribunal do Júri, no Fórum Henoch Reis, Aleixo, para prestar depoimento sobre o dia do acontecimento.

O deputado estadual, que na época exercia o cargo de titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos de Veículos (Derfv), foi vítima de tiro no rosto enquanto comandava operação policial, na invasão Carlinhos da Carbrás, no Loteamento Parque São Pedro, Tarumã. Cliffer Lourival, outro acusado de atirar contra o delegado, morreu ainda no dia 9 de outubro, durante troca de tiros com policiais. 



"Foram dois difíceis anos de recuperação. Até hoje tenho feito intervenções cirúrgicas e ido a sessões de fisioterapia. Todo o sofrimento que eu e a minha família passamos mereciam esse acalento. Sigo o meu trabalho contra a criminalidade, mas agora como legislador e mediador junto a outros poderes para que fatos semelhantes não aconteçam com outras pessoas de bem, sejam agentes de segurança pública ou a população. Esse e outros bandidos não podem ficar impunes diante de tamanha violência contra quem quer que seja", comentou o deputado.

Na época, após ser submetido a procedimentos cirúrgicos na capital amazonense, Péricles teve de ser transferido para São Paulo, afim de eliminar total risco de morte e de maiores sequelas decorrentes do ocorrido.

Adriano Maçarico foi preso no dia 10 de outubro de 2017, no município de Manacapuru, quando ele e outro comparsa assaltavam um estabelecimento da cidade e acabaram presos após terem sido cercados por moradores do local. 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.