Sábado, 18 de Janeiro de 2020
Manaus

Justiça do Trabalho decreta o fim da greve dos rodoviários em Manaus

Na tarde desta terça-feira (10) a desembargadora do TRT, Valdenyra Thomé, exigiu o fim da paralisação dos rodoviários sob pena de a categoria pagar multa diária de R$ 50 mil



1.jpg A greve dos rodoviários pegou muita gente de surpresa nos terminais de ônibus
11/04/2012 às 12:43

A desembargadora Federal e presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região, Valdenyra Farias Thomé, determinou na tarde desta terça-feira (10) o fim da greve dos rodoviários deflagrada nesta manhã em Manaus. Caso os trabalhadores não retornem as atividades, ficou determinado que os mesmos paguem multa diária e recebam desconto salarial no fim do mês.

Conforme a decisão da desembargadora, a paralisação da categoria realizada na manhã desta terça foi irregular. Segundo a mesma, por ser um serviço essencial a população não poderia haver a paralisação de 100% das atividades, nem ter sido realizada sem comunicar os empregadores e usuários com, pelo menos, 72 horas de antecedência.



Em sua decisão, a desembargadora pede investigação no possível abuso da paralisação e assim confirmar a ilegalidade da mesma.

Caso a decisão seja descumprida a categoria deverá pagar multa diária R$ 50 mil. Os trabalhadores que não retornarem imediatamente às suas atividades poderão ainda sofrer desconto em seus salários.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.