Publicidade
Manaus
ELEIÇÕES

Justiça Eleitoral decide que PT deve ser inserido em coligação com o PCdoB

No entendimento do TRE, a questão já está pacificada porque o PT local acolheu a intervenção da direção nacional do partido, que tirou a aliança que havia o PSB de David Almeida 01/09/2018 às 15:45
Show show 99 8dfd57e6 6a3c 436c 8cc2 21820cb5a2bd
Foto: Agência Brasil
Larissa Cavalcante Manaus (AM)

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) decidiu por unanimidade, em sessão extraordinária neste sábado (1), que o Partido dos Trabalhadores (PT) deve ser inserido na coligação “O Povo Feliz de Novo”, com o PCdoB da senadora Vanessa Grazziotin, para disputa por cadeiras na Câmara Federal.

No entendimento do presidente do TRE-AM, desembargador João Simões, a questão já está pacificada porque o PT acolheu a intervenção da direção nacional do partido, que tirou o PT Amazonas da aliança que havia o PSB de David Almeida – e que automaticamente excluía Vanessa Grazziotin.

João Simões mostrou apreensão com uma solução para o imbróglio tendo em vista a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV, que já está em curso. Inclusive, os candidatos do PT não apareceram na propaganda veiculada nesta sexta-feira (31).

A juíza federal Ana Paula Serizawa, relatora do pedido de impugnação que envolve o PSB, em manifestação contra a saída do PT da chapa, alertou que a solução decidida pela Corte Eleitoral pode ser modificada e que volte à apreciação do pleno com o julgamento do pedido. O processo está no prazo para contestação.

A juíza afirmou, durante a sessão, que o PSB até hoje não informou a troca do candidato a vice-governador tendo conhecimento da mudança apenas pela imprensa. João Simões declarou já foi feito a terceira reunião do plano de mídia e, se necessário, o TRE fará novas reuniões para distribuição do horário da propaganda eleitoral.

Publicidade
Publicidade