Domingo, 15 de Setembro de 2019
Manaus

Kayck Lopes quer confirmar a fama de pé quente

Galo aposta no “pé quente” Kayck para não sair dos trilhos do primeiro turno do Amazonense



1.jpg Atacante Kayck trocou o Nacional pelo Rio Negro e já mostrou serviço
02/03/2013 às 11:16

O jovem Kayck Lopes, de 19 anos, entra em campo neste sábado (02), às 15, no comando do ataque do Rio Negro, contra o Sul América, para confirmar a fama de “pé quente”.

Foi de Kayck o gol salvador da vitória sobre o Princesa do Solimões que fez o Galo da Paraça da Saudade se reanimar e ter chances de classificação à semifinal, após duas derrotas seguidas.

Diante do Sulão, o atacante espera fazer o mesmo. “Estou motivado com as chances de classificação do nosso time. Vencer é sempre bom. O clima no grupo é bom. Espero poder fazer gols e ajudar meus companheiros a sair com mais uma vitória”, afirmou Kayck, que divide a cena no ataque com o veterano Maranhão.

Se quiser passar ás semifinais do primeiro turno, o clube Barriga-Preta precisa não somente derrotar o Trem, mas torcer pelo tropeço de Princesa do Solimões e do São Raimundo, concorrentes diretos à segunda vaga do grupo A, liderado pelo Nacional. “Haja matemática!”, brinca o auxiliar técnico do Galo, Carlos Prata.

O técnico Iane Geber teve que fazer mudanças na equipe para o jogo deste sábado. Suspenso por três cartões amarelos, Alexsandro dá vaga a Greg na zaga ao lado de Pastor. Elton será mantido como volante ao lado de Paca. Rafinha cumpre a função de meia-de-ligação e terá o apoio de Anderson Palheta, que joga adiantado. “É um time mudado, mais organizado em campo. Estou confiante”, disse Iane  

Trem quer realinhar

Considerada uma das grandes promessas do certame, o Trem da Colina estreou totalmente fora dos trilhos contra o Nacional, quando foi goleado por 5 a 2 e melhorou contra o São Raimundo, em seguida, arracando um empate por 2 a 2. Contra o Galo, o técnico Oscar Conrado garante que a equipe vai se realinhar na competição. “Temos um elenco com qualidade técnica, que está se aclimatando à cidade. Falta entrar em campo com aquele vontade de vencer, o que acontecerá, com certeza”, garante o treinador. Oscar vai colocar em campo a mesma equipe que enfrentou o Tufão, com uma dúyida no ataque entre  Juninho e Imperador. “Mas a filosofia tática será a mesma”.

O Sulão só tem um ponto e está na lanterna do grupo A. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.