Publicidade
Manaus
SAÚDE

Lacc pede ajuda para manter hospedaria para pacientes com câncer em Manaus

De acordo com a instituição, o funcionamento da hospedaria depende do aumento da receita da entidade, que em função da crise econômica, perdeu parte de sua arrecadação nos últimos dois anos 03/08/2017 às 11:49
Show lacc
(Foto: Divulgação/Lacc)
acritica.com Manaus (AM)

Com capacidade para cerca de 30 pessoas, a hospedaria da Liga Amazonense Contar o Câncer (Lacc), instalada na sede da ONG (rua Padre Manuel da Nóbrega, Dom Pedro, zona Centro-Oeste), está pronta para receber pacientes oncológicos de baixa renda, oriundos de outros estados, que buscam tratamento especializado em Manaus (AM). Mas, seu funcionamento depende do aumento da receita da entidade, que em função da crise econômica, perdeu parte de sua arrecadação, nos últimos dois anos, conforme explica o presidente da instituição, mastologista Jesus Pinheiro.

De acordo com o especialista, parte dos doadores da entidade deixaram de contribuir por movidos econômicos, o que fez com que o sonho de receber portadores de câncer na própria instituição, fosse adiado temporariamente. “Pedimos a ajuda da sociedade para dar prosseguimento a um dos nossos principais projetos sociais. Precisamos aumentar em aproximadamente R$ 100 mil/mês nossa receita, para ativar a hospedaria e arcar com os gastos com limpeza, alimentação e assistência. Atualmente, recebemos doações via call center (tel: 92-2101 4949 e 2101 4900) e através do nosso site (www.laccam.org.br)”, frisou.

Outro método utilizado para contribuir é o de transferência ou depósito em conta bancária (conta-corrente 691.017-3, agência 0482-0, CNPJ 044991820001-48, Bradesco). O presidente explica que a maior parte da receita da Lacc é composta por colaborações da população. “São pessoas das classes média e baixa, que contribuem da forma que podem e fazem toda diferença para a manutenção das nossas ações”, destacou Pinheiro.

Além da hospedaria, os pacientes que foram acolhidos na sede da ONG contarão com uma ludoteca, refeitório, sala para curativos e espaço de convivência. Enquanto não consegue ativar sua hospedaria, a Liga Amazonense Contra o Câncer custeia aluguéis sociais para parte dos pacientes ajudados pela entidade. Os imóveis são alugados nas proximidades da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), também no bairro Dom Pedro, facilitando o acesso à unidade de saúde para o tratamento oncológico.

Outros projetos financiados pela Lacc atualmente, são: transporte de pacientes para tratamento de radioterapia e quimioterapia, doação mensal de cerca de 100 cestas básicas, aquisição de alimentação especial a pacientes com dieta restrita, doação diária de aproximadamente 200 lanches no horário da manhã no ambulatório da FCecon, aquisição de passagens fluviais e terrestres para pacientes do interior que precisam visitar a capital para tratamento, suporte às ações de prevenção e cuidados paliativos com atendimento domiciliar e participação direta nas campanhas e movimentos de apoio à causa câncer.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade