Publicidade
Manaus
Doação de alimentos

Lacc recebe donativos para destinar a pacientes com câncer no AM

Os produtos serão destinados a pacientes de baixa renda em tratamento na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), explicou a diretora administrativa da Lacc, enfermeira Marília Muniz 24/11/2016 às 15:12
Show laac
Os 2,4 mil donativos, adquiridos ao custo de R$ 20 mil, foram comprados com parte da receita gerada através da venda de água mineral engarrafada da marca Aguacrim, durante a campanha Outubro Rosa
acritica.com

A Rede Feminina de Combate ao Câncer recebeu, nesta semana, diversos produtos alimentares e de higiene pessoal, doados pelo Grupo VDA (Valdir Duarte Alecrim). Os 2,4 mil donativos, adquiridos ao custo de R$ 20 mil, foram comprados com parte da receita gerada através da venda de água mineral engarrafada da marca Aguacrim, durante a campanha Outubro Rosa. Eles foram entregues no Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus, na sede da Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc), entidade que atua em parceira com a Rede. Os produtos serão destinados a pacientes de baixa renda em tratamento na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), explicou a diretora administrativa da Lacc, enfermeira Marília Muniz.

De acordo com ela, uma parceria firmada no período que antecedeu a campanha, especificou a destinação de parte do lucro gerado com a venda de água mineral, à Rede Feminina, que hoje está sediada no imóvel da Lacc. Durante o movimento Outubro Rosa, que acontece em nível mundial, anualmente, o grupo VDA modificou o design das suas garrafinhas, utilizando a cor rosa para colorir as tampas e chamar a atenção para a importância da prevenção e do diagnóstico precoce dos cânceres de colo uterino e mama, os mais incidentes entre as mulheres amazonenses.

“Esse tipo de parceria mostra a importância da campanha Outubro Rosa no Amazonas, que vem ampliando seu alcance e, a cada ano, fazendo novos parceiros, que buscam apoiar a causa”, destacou Marília. Entre os produtos doados, estão fraldas geriátricas, duchas vaginais, complementos alimentares, caixas de leite, macarrão, feijão, arroz, açúcar, óleo, margarina, e diversos outros alimentos não perecíveis. Foram 368 itens de higiene e 2.066 de produtos alimentares.

A maior parte dos alimentos ajudará a compor as cestas básicas, doadas às famílias de portadores de câncer com dificuldade em se manter em Manaus, em especial as que vêm do interior ou de outros estados brasileiros em busca de terapia especializada no Amazonas. Marília lembra que os interessados em tornarem-se doadores da Rede Feminina de Combate ao Câncer, podem procurar a equipe de profissionais e voluntários na sede da Lacc (rua Padre Manoel de Nóbrega, Dom Pedro). Já pessoas que gostariam de se tornar colaboradoras da Lacc, podem fazê-lo através de agendamento, via call center, pelos telefones 2101-4949 e 2101-4900, ou efetivar depósito ou transferência bancária para a conta-corrente 691.017-3, agência 0482-0, CNPJ 044991820001-48, Bradesco.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade