Sábado, 20 de Julho de 2019
MOBILIDADE

Aplicativo que transforma troco em créditos para o cartão Passa Fácil é lançado

App já disponível na Play Store e aderido por diversos estabelecimentos pretende facilitar a aquisição de passagens de ônibus e as transações comerciais



1324861.jpeg Troco a partir de um centavo pode ser transferido para conta virtual. Foto: Uninorte/divulgação
15/02/2018 às 15:44

Os usuários do transporte coletivo de Manaus têm agora mais uma opção para recarregar a carteira de ônibus, seja o passe estudantil ou cartão cidadão. A startup “Trocados” firmou parceria com o Sindicato das Empresas de Transporte de Manaus (Sinetram) para que o troco de compras feitas em estabelecimentos cadastrados possa ser revertido em créditos na carteira.

Co-fundador da empresa, Silvestre Paiva explica que o usuário do transporte coletivo que fizer compras em um dos 40 estabelecimentos comerciais cadastrados pela empresa, na cidade, poderá transferir o troco para uma conta no aplicativo da Trocados. A partir de R$ 0,01, o valor já pode ser revertido em créditos na carteira de ônibus. Toda a transação de transferência do saldo de troco para a carteira de ônibus é feita pelo aplicativo no celular ou pelo site https://www.trocados.com.br/. O app “Trocados” está disponível na loja Play Store.

Entre os estabelecimentos comerciais cadastrados na cidade, estão restaurantes, supermercados, livraria, padaria, lojas de artigos infantis, utensílios domésticos, entre outros - https://goo.gl/YAYQeF. A transferência do troco é feita usando apenas o número de celular do usuário. “O cliente da loja solicita que o troco seja transferido para o sistema da Trocados e informa o número de celular para o caixa do estabelecimento. A confirmação do saldo é feita através de mensagem SMS”, frisou.

Segundo ele, o serviço oferece mais agilidade e comodidade para quem utiliza o transporte público. “O usuário não precisa ir até um posto do Sinetram para recarregar a carteira de ônibus. Se tiver saldo no sistema da Trocados a transferência é feita em poucas horas para a carteira”, detalhou. Com a volta às aulas, Silvestre acredita que muitos estudantes passarão a utilizar o sistema.

De acordo com Silvestre Paiva, o comércio tem normalmente dificuldade com troco e o sistema da Trocados é uma alternativa para os estabelecimentos, que têm por obrigação garantir o valor a ser devolvido para o cliente. Além de poder recarregar a carteirinha com o saldo de troco, o usuário pode colocar créditos no celular, se tiver a partir de R$ 10 no aplicativo e fazer transferência bancária a partir de R$ 20.

Em março do ano passado, A Crítica apresentou a iniciativa da Trocados como um alternativa para o fim da falta de troco na catraca. A Trocados é uma das 14 startups que recebem suporte da Incubadora UniNorte Empreende, para o desenvolvimento de negócios.

Remodelagem

A ideia original proposta pela Trocados era que os trocos das passagens em pequenos valores fosse acumulados para a troca nos estabelecimentos, mas algumas mas algumas variáveis dificultariam a implantação da proposta: cada ônibus coletivo teria que ter um hardware, que poderia ser um celular com sinal de Internet para que fosse viável.

Reportagem de A Crítica apresentou a inciativa da Trocados no ano passado. Foto: Clóvis Miranda - 09/mar/2017

Incubadora de empreendedores

Na Incubadora UniNorte Empreende, os integrantes das startups recebem suporte técnico, como por exemplo, psicólogos que trabalham as questões organizacionais da empresa e o comportamento dos membros da equipe. Na incubadora, os empresários também têm acesso à estrutura para trabalhar, treinamentos, mentoria e uma análise do mercado e do produto que pretendem desenvolver, antes mesmo de ser colocado à disposição dos consumidores.

Leia mais

Usuários do Passa Fácil podem recarregar o cartão por meio de transferência bancária

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.