Publicidade
Manaus
Manaus

Lanchonetes que ocupavam a Praça do Relógio são demolidas em Manaus

Vários órgãos participaram da ação. Após a retirada dos quiosques, a praça deve passar por reformas 10/08/2013 às 19:44
Show 1
Demolição na praça do Relógio começou por volta das 17h30
OSWALDO NETO Manaus

Prefeitura de Manaus começou no fim da tarde deste sábado (10) a retirada de dois quiosques que abrigavam oito lanchonetes localizados na Praça do Relógio, no Centro de Manaus. A ação tem previsão para se encerrar neste domingo (11). Os permissionários já haviam recebido notificações para saída desde abril deste ano.

De acordo com a assessoria do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), a demolição começou por volta das 17h30, porém a equipe chegou ao local às 14h para avisar aos vendedores sobre a demolição e dar auxílio no transporte de equipamentos como freezers, geladeiras, aparelhos de som, mesas e cadeiras para outros lugares ditados pelos próprios permissionários. O Implurb também informou que a maioria das lanchonetes estava com a licença vencida e que não eram efetivamente comandadas por seus permissionários, os quais alugavam para terceiros os pontos de venda.

Segundo o presidente do órgão, Roberto Moita, a operação teve seu prazo e metas cumpridos. "Todos eles foram avisados com antecedência e assinaram o termo de demolição. O processo corre na justiça desde o ano de 1993 e o prazo para retirada termina no dia 12 de agosto." De acordo com o presidente, outros órgãos como Manauscult, Manaustrans, Semsa, Iphan, Semc, Semulsp, Seminf, Sempab, Amazonas Energia e Manaus Ambiental estão agindo em conjunto com o Implurb para o cumprimento da ação.

Um dos permissionários que estava no local acompanhando toda a operação, o vendedor Jorge Santos, acredita que a prefeitura dará assistência após a saída. "Temos reunião com o prefeito nos próximos dias e vamos aguardar ele oferecer outras opções, o Shopping Popular por exemplo pode ser um destino pra nós". 

Após a retirada, devem começar as obras de reforma do local, que, segundo a assessoria, ficará bloqueado para circulação. O projeto de recuperação do logradouro faz parte do programa PAC Cidades Históricas.

Viva Centro

A Prefeitura de Manaus também lançou na manhã deste sábado (10) o projeto ‘Viva Centro’ para promover a reorganização das principais ruas da área central da cidade. O reordenamento começou pelas ruas Marcílio Dias e Doutor Moreira. Até o dia 28 de dezembro, 18 ruas, mais a Praça da Matriz, serão reordenadas pela Secretaria Municipal do Centro (Semc).

Publicidade
Publicidade