Terça-feira, 24 de Setembro de 2019
Tratamento

Lar das Marias já atendeu mais de 1,5 mulheres com câncer

Fundado em 2006, o Lar das Marias tem capacidade para atender 20 pacientes com câncer, cada uma com um acompanhante



_ndice.jpg Mais de 400 pessoas prestigiaram o evento que angariou fundos para a construção da nova sede da entidade, que será erguida em um terreno no bairro Alvorada
12/07/2016 às 09:52

Com mais de 1,5 mil mulheres atendidas, o Lar das Marias – entidade sem fins lucrativos que abriga e apoia mulheres do interior do Amazonas com câncer – comemorou no fim de semana seus 10 anos de existência com uma noite dançante beneficente.

Mais de 400 pessoas prestigiaram o evento que angariou fundos para a construção da nova sede da entidade, que será erguida em um terreno no bairro Alvorada. Atualmente, o Lar das Marias funciona duas casas alugadas e o custo com o aluguel é o que mais pesa no orçamento.

Uma das novidades apresentadas durante o evento foi a pop up store do Lar das Marias no Amazonas Shopping. Durante 30 dias a loja irá vender os produtos artesanais produzidos por voluntárias da entidade e toda renda será revertida para o Lar das Marias.

 “Temos muito o que comemorar e a nossa principal meta nesse ano de aniversário é construir uma nova sede para ampliarmos o atendimento a mulheres com câncer”, explica a presidente do Lar das Marias, a médica oncologista Adelaide Portela.

Fundado em 2006, o Lar das Marias tem capacidade para atender 20 pacientes, cada uma com um acompanhante. A entidade oferece hospedagem com alimentação completa, agendamentos de consultas, traslado para consultas, exames e tratamentos e acompanhamento de psicóloga e assistente social. “Ainda fazemos o trabalho de conseguir, muitas vezes, as passagens de volta para casa para as nossas pacientes”, informa Adelaide.

*Com informações da assessoria de imprensa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.