Publicidade
Manaus
INVESTIGAÇÕES

Laudo sobre acidente fatal na AM-010 deve ficar pronto em até dez dias

Estimativa é do Governo do Estado, que anunciou também a abertura de procedimento administrativo para apurar o trabalho de manutenção da rodovia estadual 11/06/2018 às 12:41
Show acidente
acritica.com Manaus

O laudo do Instituto de Criminalística que vai apontar as circunstâncias do acidente ocorrido na AM-010 neste domingo, que deixou três mortos, ficará pronto em até dez dias. A informação é do Governo do Estado.

De acordo com o Governo, a perícia foi feita no local logo após o acidente. Além dos peritos,  um engenheiro da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) também esteve na estrada na manhã desta segunda-feira, para verificar todas as condições do trecho, uma curva sinuosa.  Os registros em foto e vídeo serão acrescidos ao procedimento administrativo que a Seinfra vai abrir para apurar a realização do trabalho de manutenção da rodovia.

O Governo do Estado também afirma já ter tomado medidas administrativas e técnicas para realizar a recuperação da malha rodoviária em todos os municípios do interior e na capital. O investimento do governo tem o objetivo de melhorar a infraestrutura das estradas do estado. Em nota,  o Estado atribuiu a situação das vias à "falta de atenção de governos passados, situação agravada pelo inverno, que agora chega ao fim". Hoje, as condições da via foram motivo de protesto por parte de taxistas. 

No último dia 29 de maio, a Comissão Geral de Licitação (CGL-AM) informou que 16 certames para recuperação do sistema viário dos municípios amazonenses já estavam concluídos. Outras 29 licitações estão em andamento com o mesmo fim na CGL-AM, como parte da política de revitalizar a infraestrutura dos 62 municípios do estado.

Atendimento saúde – A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informa que 14 pacientes envolvidos no acidente na AM-010 foram atendidos, na noite de domingo (10/06), no Hospital Thomé de Medeiros Raposo, em Rio Preto da Eva, e três no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto e HPS João Lúcio. Todos os 17 pacientes tiveram alta na mesma noite, após avaliação médica.

Publicidade
Publicidade