Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
EXPECTATIVA

Liberação de contas ativas do FGTS é aguardada com expectativa no AM

Empresários acreditam que os recursos que serão liberados pelo governo devem alavancar o comércio e reduzir a inadimplência que atinge 62 milhões de brasileiros



1498361_516A8903-9857-4605-8B12-328B29619188.JPG Brasileiros começam a fazer planos com FGTS (Foto: Antonio Lima)
21/07/2019 às 09:21

A poucos dias de liberação de 35% dos recursos de contas ativas do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) e injeção de quase R$ 30 bilhões na economia, brasileiros começam a fazer planos que devem movimentar o comércio varejista e o mercado de investimentos.

Uma redução na inadimplência que atinge 62 milhões de pessoas também é esperada. No Amazonas, representantes do comércio esperam uma boa chance para as vendas, mas segundo eles, ainda é cedo para falar de números, pois as regras para o saque devem ser anunciadas nos próximos dias.



Segundo o presidente em exercício da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio/AM), Aderson Frota, o pagamento deste recurso pode representar um momento positivo para a economia do Estado.

“Estamos atravessando o quinto ano de crise na economia. Ainda é prematuro falar de números, mas a expectativa é muito boa. As pessoas tendem a usar esse dinheiro para pagar contas e também para comprar. Se o governo liberar de uma vez, vai ser algo muito bom. Poderá chegar a um percentual fantástico, um impulso muito grande na economia. Mas precisamos definir qual será o método. Se será por etapas, ou pago de uma vez. É preciso definir os critérios”, disse Aderson Frota.

Para o presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Ataliba David Antônio Filho, o setor deve comemorar a notícia, pois é uma oportunidade para que muitos consigam recuperar o crédito.

“A perspectiva é boa porque vai haver o uso diversificado do saque. Há quem vai recuperar o seu crédito, pagar sua dívida. E há quem vai usar o dinheiro para comprar. Mas a grande parte desse dinheiro vai para o varejo. Mesmo que o valor seja menor em comparação com o liberado anteriormente, o aquecimento na economia é previsível. Um ponto importante a ser destacado é que uma das preocupações da população inadimplência é pagar as dívidas para ter acesso ao crédito de maneira mais fácil”, diz.

Cuidado

A liberação de saques do FGTS foi pensada pelo governo federal com uma forma de estímulo à economia. A medida tem gerado debate entre economistas e empresários. O economista Eberto Rodrigues faz um comparativo com a liberação anterior, e reforça que é necessário cautela por parte de quem recebe.

“O que muito se questiona é o impacto dessas medidas no comércio local, com a experiência do ano anterior pode se observar um incremento no consumo, assim como pagamento de dívidas, o que também é esperado para este ano. No entanto, a experiência nos mostrou que esse aporte maior de recursos é momentâneo e apenas a curto prazo surte efeito, com a população mais consciente o que pode se esperar dos consumidores é cautela, com uso mais racional deste recurso”, resume.

Os saques

Há um estudo do governo para permitir saques de acordo com o valor existente na conta do trabalhador. Trabalhadores com até R$ 5 mil em conta, poderão sacar 35% do valor, trabalhadores com até R$ 10 mil poderão sacar 30% e trabalhadores com acima de R$ 50 mil poderão sacar 5% do valor. Para saber se você tem direito a sacar o FGTS, consulte o site da Caixa Econômica Federal com o seu número de NIS/PIS, disponível na sua carteira de trabalho ou Cartão Cidadão.

Aplicar em investimento é uma opção

Outro destino esperado para o FGTS é o mercado de investimentos. Há uma variedade de produtos financeiros com rentabilidade superior à poupança. Como forma de poupar parte do valor e ainda garantir uma renda extra para o futuro, é necessário estar atento, priorizar o pagamento de dívidas (se houver), e analisar o perfil investidor.

O gestor da mesa de varejo da corretora Coinvalores, Marcio Espigares destaca o que pode gerar um bom retorno financeiro a quem decidir usar o FGTS para fins de investimento.

“Os investidores devem estar atentos porque não deve ser liberado um valor muito grande, será limitado. Quem tiver débitos para quitar, é melhor que faça isso, para não correr o risco de pagar juros maiores posteriormente. Para investir, teria que analisar o perfil de cada investidor. O investidor precisa estar ciente que se ele sacar e usar esse recurso num investimento de risco, não seria o ideal. O mais indicado, neste caso é aplicar em um investimento de baixo risco, como o tesouro direto ou CBD. Fundo imobiliário e fundo de ações apresentam um risco maior, pois sua rentabilidade oscila no mercado”, destaca.

Personagem: Engenheiro de manutenção, Neto Müller

Se por um lado, alguns vão utilizar o dinheiro para quitar dívidas, há quem tenha se organizado para comprar somente o que é prioridade no momento, e guardar o restante.

O engenheiro de manutenção Neto Müller vai receber, somando o FGTS dele e da esposa, Luciana Müller, pouco mais de R$ 6 mil. O dinheiro já possui destino certo.

“Estamos casados há quase três meses. É importante se planejar, organizar as finanças. Lá em casa as coisas funcionam a base do planejamento. A nossa estimativa com esse recurso é sacar R$ 6,1 mil de FGTS, somando o meu e o dela. Desse total, R$ 2 mil vai ser destinado a comprar coisas de casa, e o restante vai direto para a nossa poupança, pois nosso objetivo é pagar a viagem do ano de 2020. Todo os gastos são planejados para assim sabermos pra onde nossas economias estão sendo investidas”, contou o engenheiro.

Em números

R$ 30 bilhões é  o valor estimado que deve ser injetado na economia do País com a liberação de 35% dos recursos de contas ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço ( FGTS). As regras devem ser anunciadas nos próximos dias pelo governo federal.

News whatsapp image 2019 05 27 at 11.54.48 8d32dbdd 4f80 4c51 b627 e3873c2e56de
Repórter
Cientista Social, Escritora e Jornalista. Repórter de A Crítica, apaixonada pela arte de contar histórias.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.