Quarta-feira, 08 de Abril de 2020
OPORTUNIDADES

Lojas têm 1,7 mil vagas disponíveis para contratação de final de ano em Manaus

Contratação de temporários pelo comércio de Manaus deve aumentar 25% em relação ao mesmo período do ano passado



vagas_2A35DE32-DDD8-4CF0-BDED-F78712134825.JPG Foto: Clóvis Miranda
02/11/2019 às 06:13

A pouco menos de dois meses para datas sazonais como Natal e Ano Novo, o comércio de Manaus estima a contratação de 1,7 mil temporários para atender a demanda de fim de ano, 25% a mais do que o mesmo período do ano passado, quando o número de contratos temporários foi de 1,4 mil. A informação é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas (Fecomércio-AM).

Segundo a entidade, algumas dessas contratações começaram a ser feitas ainda em setembro. O presidente da Fecomércio, Aderson Frota, lembra que os contratos devem ser realizados até dezembro, com possibilidade de efetivação até o término da experiência.



“Antigamente as grandes lojas, os grandes departamentos e os grandes varejos contratavam para o fim de ano e quando chegava janeiro, dispensavam. Mas a economia está dando sinais de crescimento, mesmo que ainda num ritmo que nós gostaríamos que fosse maior. Isso é positivo e demonstra que muita gente que está sendo contratada não será dispensada”, resumiu.

Roupas, sapatos e variedades são itens buscados pela população na hora das compras do fim de ano, por isso o movimento em lojas desse ramo tende a aumentar no período, exigindo a ampliação da mão de obra. A vendedora de uma loja de sapatos no Centro de Manaus, Sabrina Rocha, de 19 anos foi contratada recentemente, e disse estar se esforçando para fazer valer a pena a oportunidade.

“Estava desempregada há dois anos e agora estou trabalhando. Tenho me esforçado e me dedicado à rotina. É fácil de aprender. O trabalho é tranquilo. A gente se dedica, faz o que precisa fazer, se esforça que dá tudo certo. Gostaria de ser efetivada após o término do contrato”, disse.

Contratos

O local onde ela trabalha, na Sapataria Classe, já contratou até o momento 18 temporários e deve contratar ainda outros 20. Nas outras lojas do grupo, devem ser realizados 90 contratos até dezembro deste ano. O gerente da loja, Sergio Ferreira disse que os funcionários precisam passar por um processo de aprendizagem logo que começam a trabalhar.

 “Já estamos contratando desde setembro visando o fim de ano. Todos os anos contratamos nesse período, pois os funcionários precisam passar por um treinamento para estarem aptos no fim de ano (novembro e dezembro), eles têm  de conhecer o estoque, a mercadoria, saber como atender o cliente”, explicou.

Décimo terceiro

O pagamento do décimo terceiro é visto pelos lojistas como um impulso para o aumento das vendas. Segundo o presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Ataliba David Filho, 2019 tende a ter um resultado melhor do que o ano passado.

“Apesar de estarmos vivendo um momento de uma economia de altos e baixos vai haver contratação. O natal é a maior data do comércio e vai ter mais dinheiro do que da última vez. A liberação do décimo terceiro vai ajudar a impulsionar as vendas, mais do que no ano passado. Vai injetar dinheiro no mercado”, avaliou o empresário.

Para o presidente da Confederação dos Dirigentes Logistas (CDL Manaus), Ezra Azuri, o momento vai ser bom, se for considerado o desempenho do comércio na última data comercial, o Dia das Crianças.

“Tivemos recentemente o Dia das Crianças, que já nos trouxe um leve aquecimento no mercado. Isso mostra que o Natal vai ser melhor do que o ano passado, o que já é um alento, devido ao atual momento econômico que estamos vivendo. Quanto às contratações, devem ocorrer principalmente a partir de novembro”, explicou.

Aumenta a procura por eletrônicos

O comércio de eletrônicos também deve impulsionar a contratação de mais temporários. A procura por itens como smarphones, comutadores, jogos eletrônicos e tablets, entre outros tem se intensificado, dando origem a um novo tipo de consumo, conforme destacou o presidente da Fecomércio, Aderson Frota.

“Nós tivemos uma modificação do cenário. Antigamente as compras do Dia das Crianças eram voltadas para roupas e brinquedos, agora nós já vemos um item agregado a esse cenário que é o item dos smartphones, dos jogos eletrônicos e isso se soma também então ao final do ano, quando teremos novamente estes itens sendo procurados”, disse.

News whatsapp image 2019 05 27 at 11.54.48 8d32dbdd 4f80 4c51 b627 e3873c2e56de
Repórter
Cientista Social, Escritora e Jornalista. Repórter de A Crítica, apaixonada pela arte de contar histórias.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.