Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Dia dos Pais

Lojistas projetam boas vendas para o Dia dos Pais

CDL-Manaus estima que R$ 68 milhões devem entrar no comércio local por conta da data alusiva aos pais



1.png Sapatarias são um segmento do varejo que vende bem nessa época do ano
08/08/2013 às 08:29

O comércio local já sente os efeitos positivos da corrida aos presentes do Dia dos Pais, que será comemorado neste domingo. Na quarta-feira(07), alguns lojistas do Centro e de shopping centers comemoravam alta de 50% nas vendas, sob o impulso, em parte, do pagamento da primeira parcela do 13º salário pela Prefeitura de Manaus e Governo do Estado, que, juntos, desembolsaram quase R$ 250 milhões para tal.

Dessa quantia,  a Câmara dos Dirigentes dos Lojistas de Manaus (CDL-Manaus) estima que R$ 68 milhões sejam injetados no varejo por conta da referida data comemorativa. A entidade realizou uma pesquisa de intenção de compras, a qual mostra que o valor médio do presente que os filhos darão para o pai será de R$ 166 (ver boxe).

“Desde o início do mês a loja tem estado movimentada, temos feito promoções e algumas peças estão mais em conta, acredito que isso fez com que todo mundo aproveitasse para comprar logo o presente do pai”, disse a gerente do Centro da Moda, Erica Pedrosa.

Especializada em vestuário masculino, a Ravanelli também está comemorando a alta nas vendas. “Acho que a partir de hoje o  movimento deve aumentar mais ainda, principalmente no final da tarde que é quando a maioria dos consumidores sai do trabalho e vem ao shopping fazer compras”, comentou a subgerente, Claudine Batalha.

Já a gerente da loja de calçados Di Santinni, Perla Rodrigues, acredita que o movimento aumentar mesmo é no final de semana. “Muita gente tem vindo fazer pesquisa de preço ou perguntar se ainda tem o modelo de tênis que saiu na propaganda da TV”, destacou a funcionária, que revela que a loja contratou recentemente cinco vendedores para darem conta da demanda para a data.

Quem também apostou nas promoções foi a City Lar, com desconto em itens do setor de eletrônico. Com isso, a loja espera até sábado aumento de 40% no movimento e incremento de 30% nas vendas. “Os itens mais procurados até o momento é a TV, aparelho de som e o celular”, informou o gerente, Thiago Santos.

Para a funcionária pública, Gabriela Gonçalves, que aproveitava a folga para escolher um televisor, essa é uma data para não deixar passar em branco. E a estratégia da consumidora foi dividir o presente com o irmão, assim além de agradar o pai, o gasto não sai do orçamento.

Pechincha

Segundo os economistas da Serasa Experian o consumidor deve economizar, visto que o atual cenário econômico, com inflação e juros elevados, diminui o poder de compra. Pesquisar e pechinchar preços neste momento ajudam a não comprometer ainda mais a renda mensal do cidadão, diminuindo assim o risco de descontrole e inadimplência.

Vestuário em primeiro lugar

De acordo com a pesquisa de intenção de compra da CDL-Manaus, o valor médio do presente do presente que os filhos darão ao pai deve ser de R$ 166,56. A pesquisa constatou também que o setor de vestuário totaliza 30,7% das intenções de compra em todas as zonas da cidade, seguido por calçados e acessórios (17,6%), perfumes e similares (11,2%), jóias/relógios (9,1%) e celulares (8,5%).

Do total de entrevistados,  73% pagarão à vista, 22,5% farão uso de cartões de crédito. Já 2% pretendem usar o cartão da própria loja e 1,1%  o cartão de débito. “Existem hoje no Amazonas 379 mil consumidores na lista de devedores SPC, mas para não deixar de presentear o pai acredito que muitos consumidores optarão por comprar à vista”, observa o presidente da CDL-Manaus, Ralph Assayag.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.