Publicidade
Manaus
ABANDONO

Mãe é presa após abandonar os dois filhos, de 1 ano e de 1 mês, dentro de casa em Manaus

As duas crianças estavam peladas, sujas e trancadas em um quarto escuro e sem ventilação. “Os meninos choravam com fome e na cama onde dormiam tinham várias fezes”, disse a PM que ajudou no resgate 01/04/2018 às 14:22
Show 98
Foto: Divulgação
Danilo Alves Manaus (AM)

Uma mulher de 18 anos foi presa na manhã deste Domingo de Páscoa (4), em Manaus, após abandonar e deixar os dois filhos, um menino 1 de um ano e seis meses e outro bebê de 1 mês, trancados em um quarto na casa onde eles moravam, na rua do Amor, bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus. As duas crianças estavam peladas, sujas e num quarto escuro e sem ventilação.

Conforme a soldado Milanne de Paula, da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que ajudou no resgate, por volta das 7h os vizinhos denunciaram à PM que os dois meninos estavam sozinhos em casa desde o sábado (31), após a mãe ter saído para beber. Segundo ela, os dois estavam trancados em um quarto escuro e sem ventilação. A policial disse que se surpreendeu quando chegou no local.

“Nós precisamos arrombar a porta para poder entrar na casa. Os meninos choravam com fome e na cama onde dormiam tinham várias fezes, tanto do mais velho, quanto do mais novo. Além disso, o ambiente do quarto era sujo e as crianças também cheiravam mal. Logo em seguida nós conseguimos identificar o paradeiro da mãe, próximo ao local onde havia abandonado os filhos”, disse a PM. Segundo a soldado, a mãe foi detida ainda sob efeito de bebida alcoólica e levada para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Na delegacia, o pai da criança, um jovem de 20 anos, disse que os dois (pai e mãe) haviam terminado um relacionamento de três anos devido ao comportamento da ex-companheira. Após o término, o homem disse que havia pedido a guarda das crianças, mas a mulher tinha se negado a dar.

“Eu sabia que ela era um pouco irresponsável, mas nunca imaginei que ela pudesse fazer isso com nossos filhos. Um dia antes disso acontecer, eu pedi a guarda novamente, mas como sempre a resposta foi não. Da última vez que eu conversei pelo telefone, ela estava saindo de casa para comprar fraldas, mas tomei um susto quando os meus parentes me ligaram e disseram o que havia acontecido”, disse o homem, em entrevista ao Portal A Crítica.

A delegada plantonista da Depca, disse que o procedimento de pedido de guarda vai ser solicitado a justiça pelo pai, assim como o processo criminal contra mãe de 18 anos. A mulher vai responder por abandono de incapaz e aguardar audiência de custódia nesta segunda-feira (2).

Publicidade
Publicidade