Publicidade
Manaus
POLÍTICA

Maioria dos candidatos a governo assina Carta-Compromisso proposta por Comitê

Documento proposto pelo Comitê de Combate à Corrupção e Caixa Dois no Amazonas propõe às siglas partidárias o compromisso ético nas eleições e o combate à corrupção 17/08/2018 às 19:30 - Atualizado em 17/08/2018 às 19:39
Show rebeca d1176908 13cb 47bd 891a a731bafaf3a8
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A maioria dos candidatos a governador e vice nas eleições marcadas para outubro de 2018, no Amazonas, assinaram na tarde dessa quinta-feira (16), no auditório João Bosco, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), a Carta-Compromisso proposta pelo Comitê de Combate à Corrupção e Caixa Dois no Amazonas.

Os candidatos Omar Aziz e Artur Bisneto não compareceram e nem justificaram as ausências no debate. Em síntese, o documento elaborado pelo comitê, propõe às siglas partidárias e seus candidatos, o compromisso ético nas eleições e o combate à corrupção, avançando para importância da transparência nos gastos públicos e a promoção de ações para o desenvolvimento do Estado do futuro governo.

O candidato David Almeida (PSB) comunicou à coordenação do evento e ao comitê que não participaria do debate, pois cumpria agenda em município próximo da capital, mas assinou o documento na noite desta sexta-feira (17). O candidato Sidney Cabral, do PSTU, também não participou, tendo a direção do partido justificado politicamente que, por discordar de pontos do documento, não iria assiná-lo.

A assinatura da Carta-Compromisso pelos candidatos a governador do Estado, programada pelo Comitê, se inseriu como parte das atividades comemorativas à Semana dos Economistas, organizada pelo Conselho Regional de Economia do Amazonas.

Amazonino Mendes 

Nesta sexta-feira (17), na sede do Corecon, o comitê recebeu da candidata a vice Rebecca Garcia (PP) o documento Carta-Compromisso assinado pelo candidato Amazonino Mendes (PDT).

Debates

Os debates, em sua maioria, se caracterizam por intervenções e defesas por parte dos candidatos, apontando falhas na atual política e, indicando em seus planos, os caminhos para superá-las. No debate organizado pelo Corecon e o Comitê não foi diferente. Lúcia Antony (PC do B), Rebecca Garcia (PP), Nindberg dos Santos (PSOL) e Wilson Lima (PSC) usaram bem os 15 minutos destinados aos candidatos e apresentaram os pontos que consideraram prioritários em um plano de governo.

Entidades participantes do comitê

Ordem dos Advogados do Brasil, secção Amazonas; Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj); Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB (Norte1), Conselho Regional de Administração (CRA/AM), Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Conselho Regional de Economia, MCCE, Sindicato dos Jornalistas e Sindicato dos Fazendários do Amazonas.

Publicidade
Publicidade