Quinta-feira, 04 de Junho de 2020
SOCIAL

Mais de 15 toneladas de alimentos são entregues a entidades socioassistenciais do AM

Mais de 700 toneladas de produtos regionais da agricultura local foram adquiridas pelo Governo do AM e disponibilizadas para pessoas em vulnerabilidade social



seas_aliment_08F1D762-C480-4851-AA8E-9A2CC3920646.jpg Foto: Divulgação/Seas
06/05/2020 às 18:33

Mais uma entrega de hortifrutis, oriundos de produtores da agricultura familiar local, para entidades socioassistenciais aconteceu nesta quarta-feira (6). Foram entregues mais de 15 toneladas de produtos regionais entre abacaxi, abóbora, banana in natura, cheiro verde, couve, feijão de metro, limão, pimentão, mamão, macaxeira, tangerina e polpa de açaí.

Em Manaus, foram contempladas as bases de acolhimento emergencial do Governo do Amazonas situadas na Arena Amadeu Teixeira, Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Áurea Pinheiro Braga e Centro de Convivência Maria de Miranda Leão - que estão atendendo a população em situação de rua como resposta ao Covid-19.



Também foram contemplados o Abrigo do Coroado, a base da Operação Acolhida para Refugiados Venezuelanos na Rodoviária e o Posto de Interiorização e Triagem (Ptrig), localizado na Torquato Tapajós.

O vice-presidente do Clube de Mães de Nossa Senhora de Nazaré, Redney Santos da Rocha, elogiou a atitude do Governo do Estado e da secretária titular da Seas, Márcia Sahdo, pela ajuda alimentícia às pessoas necessitadas neste momento de pandemia.  

A entidade, que funciona no bairro de São Francisco, Zona Sul, recebeu nesta ação 170 abacaxis, um saco e meio de abóboras, 17 cachos de banana, duas sacas de tangerina, quatro caixas de mamão, além de limão, polpas de frutas e folhagens.

“Esses produtos serão  entregues em forma de kits às pessoas em situação de vulnerabilidade, que vivem na comunidade, no bairro de Petrópolis e adjacências, previamente cadastradas aqui conosco”, informou.

Outro beneficiado foi o Instituto Solidário pela Vida, que recebeu feijão de corda, couve, limão, abóbora, mamão, banana, abacaxi, polpa de fruta, entre outros. O presidente da entidade, Luiz Andrade, também agradeceu a ajuda. Segundo ele, o apoio do Governo do Estado no atual contexto é fundamental para dar uma resposta positiva num momento tão desafiador.

“A gente agradece muito esse apoio que estamos recebendo da Seas e isso tem sido de muita valia, como eu sempre digo: têm muitas pessoas que dormem em cama quente, não sabem o quanto o chão é frio”, mencionou, ressaltando que, às vezes, uma cesta de alimentos dessas, para quem não tem o que comer, numa hora dessas, vem em muito boa hora.

Produção regional

Neste período de pandemia do coronavírus, mais de 700 toneladas de produtos regionais da agricultura local foram adquiridas pelo Governo do Amazonas e disponibilizadas para pessoas em vulnerabilidade social por meio dos três órgãos estaduais.

Os alimentos adquiridos são oriundos de produtores, associações, cooperativas, agroindústrias e também dos feirantes da ADS, na capital e no interior, cadastrados no programa Amazonas Solidário.

Essa ação já beneficiou quase 200 produtores rurais credenciados no Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), nos municípios de Benjamin Constant, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Carauari, Codajás, Eirunepé, Iranduba, Itacoatiara, Japurá, Manaquiri, Manacapuru, Parintins, Rio preto da Eva, além da capital Manaus.

Importância nutricional

A secretária executiva da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas (Caisan), Erika Bernardes, disse que a ação está sendo de suma importância, nesse momento de pandemia, principalmente, porque está atendendo às necessidades nutricionais de pessoas em situação de vulnerabilidade, que se encontram nos abrigos e acolhimentos emergenciais criados pelo Governo do Estado. 

Erika Bernardes destacou ainda que a ação contempla tanto os venezuelanos, que se encontram no abrigo do Coroado, na base da Operação Acolhida para Refugiados Venezuelanos, no Posto de Interiorização e Triagem, como as pessoas em situação de rua que estão sendo atendidas nos três acolhimentos emergenciais abertos pelo governo estadual.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.