Publicidade
Manaus
TRANSATLÂNTICOS

Mais de 18 mil turistas devem desembarcar no Amazonas nos próximos cinco meses

Segundo a Amazonastur, a maioria dos visitantes vêm em busca do turismo ecológico e do calor amazônico. Neste final de semana, quase duas mil pessoas chegaram à capital 18/11/2018 às 19:08 - Atualizado em 19/11/2018 às 07:19
Show barcos c7805242 2f5e 4c46 a9ca e9495b2b8932
Foto: Divulgação
Izabel Guedes Manaus (AM)

Americanos e europeus acima de 50 anos. É esse o perfil dos mais de 18 mil turistas que vão visitar o Amazonas nos próximos cinco meses. Até abril do ano que vem, serão 15 transatlânticos de pequeno, médio e grande porte, vindos dos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e Canadá, que desembarcarão no porto de Manaus, Centro da cidade. Neste final de semana, dois deles chegaram à capital trazendo quase 2 mil pessoas, entre turistas e tripulantes.

Segundo o diretor de Marketing da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Nickolas Cabral, a maioria dos turistas vêm em busca do turismo ecológico e de conhecer pontos específicos da cidade, como o Mercado Municipal e o Teatro Amazonas. “Muitos vêm com pacotes comprados e destinos certos. Além desses pontos, eles querem ver os botos e o encontro das águas que é o ponto forte, o cartão postal mais procurado pelos grupos nas agências de viagens”, explicou ele.

O diretor afirmou ainda que os cruzeiros vêm para o Amazonas nessa época do ano por ser um período de frio em boa parte da Europa, o que também favorece as empresas que atuam no ramo, tanto as operadores dos navios como os trabalhadores do turismo local.

“Eles buscam o verão mais intenso e o Brasil, e consequentemente Manaus, está nesse roteiro. Para nós isso é muito bom, tanto pela economia, quanto para a disseminação do nosso turismo. Nós fazemos um preparo, a divulgação para que  possamos oferecer a esses turistas um excelente período no nosso Estado, para que eles queiram voltar e digam aos amigos e familiares que vale a pena conhecer o Amazonas”, comentou.

Impressões

A turista Cintia Caridad, 56, chegou à Manaus no último final de semana no navio M/S Sirena e, assim como a maioria dos “colegas” de viagem, fugiu do frio de Miame e veio conhecer as belezas da região Amazônica.  Ela, que é argentina, já morou em Curitiba (PR) e disse sempre teve vontade de conhecer o Amazonas.

“É a primeira vez que venho para o Amazonas. Estou fazendo o cruzeiro porque gosto muito do Brasil. Morei um ano em Curitiba e lá é muito diferente daqui. Então, estou muito feliz por passar por aqui. A recepção foi ótima. Recebemos dicas para fazer passeios na cidade e a minha expectativa é ótima. Sempre quis conhecer Manaus porque me falaram que a cidade é muito boa e recomendo aos amigos”, disse ela. 

Assim como Cintia, a turista Lendy Silver, 75, contou que também é a primeira vez que vem ao Estado. Ela veio conhecer a capital com os amigos.

A turista trabalhou em uma revista científica e hoje aposentada, destacou que veio se divertir e tirar muitas fotos. “Além disso, quero conhecer pessoas. O Estado é muito rico, mas é quente e muito úmido. Mesmo assim, a gente vai conhecer o Amazonas. Temos que conhecer coisas novas e o Brasil tem essa diversidade cultural. Estamos adorando”, comentou.

Visitas aos principais ‘points’

No último final de semana, mais de mil pessoas chegaram à capital nos navios Sirena, da Oceania Cruises, que veio de Miame (EUA),  e M/S Silver Whisper, que veio de Barbados, no Caribe. 

O primeiro deixou Manaus ainda na tarde de ontem e o segundo, sai da cidade rumo a Parintins no final da tarde de amanhã.  As duas embarcações vieram fazer um tour por alguns pontos do Estado, como a comunidade São Paulo, na “Boca da Valéria”, na serra de Parintins e a própria cidade de Parintins.

Os turistas permaneceram na cidade durante todo o final de semana e visitaram os pontos turísticos da capital e áreas da Região Metropolitana e comunidades ribeirinhas.

Distribuição de mapas bilíngues

Com o início da temporada de cruzeiros no Estado no último sábado, está previsto ainda para este mês  a chegada de mais quatro navios transatlânticos trazendo ao todo mais de 4 mil pessoas entre turistas e tripulação. Das 15 embarcações que vão atracar no porto de Manaus nos próximos meses, três delas vêm pela primeira vez à capital, segundo o diretor de Turismo da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), João Araújo.

“Esses três navios novos vão aportar com quase 4.500 turistas. Então isso significa que Manaus continua inserida nos grandes roteiros internacionais de cruzeiros. E o que nos interessa é a visibilidade que temos para esses turistas. Eles são formadores de opinião, de alto poder aquisitivo, então, para nós, o que eles levarem de bom para falar de Manaus é interessante. Eles serão multiplicadores das experiências que levarem daqui. Se foram bem atendidos, se tiveram uma boa receptividade, se foram bem tratados em todos os pontos turísticos que visitaram, com certeza,  vão levar as melhores impressões de Manaus e isso vai facilitar com que eles falem bem de nós (lá fora). Tanto em redes sociais como em particular para amigos, isso traz, para a capital, mais turistas e, futuramente, outros cruzeiros com certeza”, explicou o diretor.

Além disso, Araújo explicou que o órgão juntamente com Amazonastur fazem o receptivo desses turistas dando orientações e informações referentes a estadia deles na cidade. “Nós fazemos a distribuição de mapas, para justamente orientar o turista onde ele tem que visitar. Nosso mapa é bem diversificado. Há vários pontos interessantes, dicas de onde visitar, e ele é bilíngue. Isso facilita o deslocamento dos turistas  sem que eles precisem comprar um ‘citytur’ ou pagar um táxi, por exemplo.  Eles têm essa liberdade para conhecer mais esses pontos turísticos”, esclareceu o diretor.

Publicidade
Publicidade