Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020
AVANÇANDO

Mais de 300 assinam criação do novo partido de Bolsonaro em Manaus

Presidente do Direita Amazonas, Aroldo Filho, espera que até o final deste sábado (18), mais de 1,5 mil pessoas devem assinar a ficha de apoio ao partido político criado por Jair Bolsonaro, o 'Aliança Pelo Brasil'



116efb75-191d-4bfd-a628-9fe8f4245780__1__9DA89FE0-68B1-408B-A651-1FD98A52A14C.jpg Foto: Izaías Godinho
18/01/2020 às 11:28

O presidente do movimento “Direita Amazonas”, Aroldo Filho, afirmou que mais de 1,5 mil pessoas devem assinar a ficha de apoio de criação do novo partido do presidente Jair Bolsonaro, “Aliança Pelo Brasil” até o fim deste sábado (18). A declaração ocorreu durante o ato de apoio à nova sigla, no Cartório Fioretti 7º Tabelionato e Notas, localizado na Avenida Gabriel Corrêa Pedrosa, no bairro Parque 10 de Novembro, na Zona Centro-sul de Manaus.

De acordo com Aroldo, o Estado do Amazonas é responsável por coletar 50 mil assinaturas até o dia 4 de abril, para a criação do partido. Ele afirmou que até as 10h de sábado, mais de 300 pessoas haviam registrado o apoio e afirma estar confiante para atingir a meta do movimento. Ele afirmou que o “Aliança Pelo Brasil” tem como objetivo defender os valores judaico-cristãos, a soberania nacional, a democracia e o empreendedorismo.



“Vamos continuar, de forma voluntária, chamando as pessoas e conversando com a população, para mostrar como é esse novo partido e explicar os motivos da importância da criação dele. Acreditamos que esse partido vai ser revolucionário na política nacional”, ressaltou o líder do movimento, acrescentando que o ato vai ser realizado até as 14h.

As assinaturas foram registradas no estacionamento do cartório e contou com a presença de 10 integrantes do “Direita Amazonas” que distribuíam adesivos e abordavam as pessoas que circulavam no local. Segundo o industriário, José Wellington, que é apoiador da criação do novo partido, a mobilização é importante para retirar a ‘esquerda’ do poder público. 

“A nossa ideia é trazer o presidente para a reeleição. Muita gente ‘surfou’ na onda Bolsonaro e depois eleitos, acharam que conseguiriam permanecer sem ele. Mas a nossa ideia é tirar todos esses canalhas de perto da gente e criar um partido novo”, disse o apoiador.

Lúcia Barreto, que é coordenadora do núcleo feminino do “Direita Amazonas”afirmou que ao redor do Brasil, 150 mil assinaturas já foram coletas. Conforme a legislação vigente na última eleição, para criar um partido político é necessário a obtenção de 500 mil assinaturas de apoio de eleitores não filiados a partidos políticos.

“Alguns cartórios do Amazonas já estão recebendo essa ficha preenchida. É necessário pagar o valor de R$6 para autenticar e deixar registrado no cartório. Mas se a pessoa preferir pode enviar pela caixa postal que pode ser consultada no site”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.