Publicidade
Manaus
FISCALIZAÇÃO

Mais de 400 aparelhos eletrônicos são apreendidos durante operação no São José

A ação ocorreu ao longo da manhã na feira do bairro São José, Zona Leste, com o objetivo de apreender celulares sem comprovação de origem (nota fiscal) e também oriundos de assaltos a ônibus 20/04/2018 às 17:59
Show celulares
Foto: Bruno Zanardo/Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A segunda fase da Operação Fora de Área, da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), deteve 12 pessoas suspeitas de receptação e apreendeu 419 aparelhos celulares, 30 tabletes, dois notebooks e quatro balanças de precisão, nesta sexta-feira (20).

A ação ocorreu ao longo da manhã na feira do bairro São José, Zona Leste, com o objetivo de apreender celulares sem comprovação de origem (nota fiscal) e também oriundos de assaltos a ônibus do sistema de transporte público, que estariam sendo vendidos em diversos estabelecimentos comerciais da região.

A ação foi realizada pela SSP-AM, com a coordenação da Secretaria Executiva-Adjunta de Operações (Seaop). Na Operação Fora de Área 1, realizada no dia 14 de março, durante ação no Centro da capital foram apreendidos 335 celulares, 29 Tablets, 11 notebooks, 55 carcaças de celular e 22 pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil por receptação de objetos roubados.

A operação é parte da estratégia da SSP-AM de coibir os roubos aos ônibus do transporte coletivo. Além dos mais de 400 celulares, os policiais também apreenderam aproximadamente 200 outras carcaças de aparelhos, desmontados para a extração de peças. Em notebooks, também foram identificados programas de reinicialização dos aparelhos.

“O planejamento possibilitou que os envolvidos na operação tivessem a habilidade de se deslocar para os pontos exatos. Lá encontramos diversas irregularidades e apreendemos todos os materiais ilegais nas lojas que percorremos. Todos os aparelhos apreendidos são de origem duvidosa. Nenhum comerciante conseguiu comprovar através de documentos e notas fiscais. Os produtos são provenientes de descaminho e suspeitos de furto e roubo”, destacou o Secretário Executivo-Adjunto de Operações da SSP-AM, tenente-coronel da Polícia Militar, Klinger Paiva.

Foram conduzidos para esclarecimentos, Rodrigo Rafa de Castro Silva, 30 anos, Pedro Teles Patrício, 42 anos, Adriane Valéria Feitosa, 29 anos, Antônio Claudemir Mota, 42 anos, Missias Neves da Silva, 40 anos, Evandro de Souza Bentes, 32 anos, Leison Carvalho de Oliveira, 37 anos, Régis Figueiredo Firmo, 24 anos, Márcio Araújo Soares, 45 anos, Edinaldo Bentes Palma, 31 anos, Marivaldo Firmino da Costa, 45 anos, e Reginaldo Rebelo Uchoa, 39 anos. As oitavas serão feitas no Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Um inquérito será aberto para apurar o caso.

A exemplo do que aconteceu na primeira edição, a Delegacia Interativa da Polícia Civil fará a catalogação dos equipamentos e anunciará, posteriormente, o início do processo de resgate pelos donos. Além de documentos fiscais de comprovação de propriedade, será necessário levar o IMEI, código contido em cada celular que funciona como uma identidade individual para o reconhecimento dos verdadeiros donos.

Participaram da Operação Fora de Área 2 policiais militares do Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), policiais civis lotados no DRCO e da Delegacia Fazendária e agentes Manaustrans.

Publicidade
Publicidade