Publicidade
Manaus
Manaus

Mais de 45 mil veículos devem deixar Manaus nestes dias de feriadão, a partir de hoje

O município mais procurado é Itacoatiara, onde acontecerá o Festival da Canção (Fecani)  04/09/2015 às 22:06
Show 1
Veículos sairão de Manaus em busca de lazer nos municípios da Região Metropolitana.
Silane Souza Manaus (AM)

Aproximadamente 40 mil veículos devem sair de Manaus  com destino a municípios da Região Metropolitana nesse feriado prolongado de 7 de setembro, de acordo com estimativa da Polícia Militar. Só ontem, mais de 7,5 mil carros passaram pela barreira, que dá acesso às rodovias BR-174 e AM-010, e pela Ponte Rio Negro, que acessa a AM-070.

O município mais procurado é Itacoatiara (a 266 quilômetros de Manaus), onde acontece  Festival da Canção (Fecani).

Segundo o comandante do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Carliomar Brandão, a previsão é de que 25 mil veículos passem pelo posto de fiscalização da barreira policial que dá acesso à BR-174, e 15 mil pela ponte Rio Negro.

“O fluxo foi maior a partir de 13h. Hoje e amanhã com certeza o movimento será mais intenso, tanto por conta do feriadão quanto pelo Fecani”, declarou.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Amazonas (Arsam), por sua vez, disse que aproximadamente três mil pessoas saíram da capital pelo sistema regular de transporte via ônibus, vans ou veículos fretados. Segundo o diretor presidente do órgão, Fábio Alho, a expectativa é que entre 12 a 15 mil pessoas utilizem esse tipo de transporte até domingo.

Alho destacou que, o maior movimento de passageiros é para o município de Itacoatiara, por conta do Fecani. Manacapuru também está sendo bastante procurado. “Temos ônibus de uma e uma hora para esses municípios, mas só no final da tarde de ontem havia autorização para 10 ônibus extras para Itacoatiara e quatro para Manacapuru. Além disso, tinha mais 130 autorizações prévias”, revelou.

O auxiliar de biblioteca, Doranilmo Alves dos Santos, 55, deixou Manaus com destino a Itacoatiara. Segundo ele, iria aproveitar o feriadão para rever familiares e curtir o Festival da Canção do município.

“Saí do trabalho direto para pegar a estrada. A gente passa a semana trabalhando quando tem um feriado prolongado desses tem que aproveitar”, disse.

O administrador, Waldoni Fuisa, 42, também trocou o agito da capital pela tranquilidade do interior. Ele e a esposa iriam para um evento da igreja. “Vamos participar de um evento da nossa igreja e aproveitar para passar o feriado prolongado. Só voltaremos na segunda”, frisou.


Publicidade
Publicidade