Domingo, 22 de Setembro de 2019
Manaus

Mais de 50 Motos são recuperadas na “Operação Solimões Livre”

Vinte e três pessoas foram presas em ação que durou 39 dias e percorreu 15 municípios amazonenses



1.jpg Todos os veículos recuperados foram roubados em Manaus; as motos eram vendidas com documentação falsificada
05/10/2013 às 09:13

A Polícia Civil encerrou esta semana a “Operação Solimões Livre”, deflagrada em quinze municípios da calha do Rio Solimões. Durante a operação, 23 pessoas foram presas, sendo oito em flagrante, 59 motocicletas recuperadas e aproximadamente um quilo de cocaína apreendida. A operação foi realizada nos municípios de Anori, Codajás, Coari, Tefé, Alvarães, Uarini, Fonte Boa, Jutai, Tonantins, Amaturá, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte.

O delegado responsável pela operação, Antonio Chicre Neto, informou que o objetivo era não somente recuperar veículos roubados e levados para o interior, mas também, identificar e prender os famosos “piratas”, que cometem crimes no meio dos rios. “Quando chegamos em Anori, fomos informados sobre umas pessoas estranhas que tinham chegado no município, comprando terreno, dizendo que iriam criar gado. Quando fizemos a abordagem, nos deparamos com uma quadrilha, sendo que alguns deles já tinham sido presos”, disse.

A quadrilha, que estava com duas escopetas calibre 12, munição e uma porção de maconha, era formada por Antonio Francisco Lima, 34, mais conhecido por “Macaco” e identificado como chefe da quadrilha; Anderson Rocha Duarte, 31, Clemilson Lira Duarte, 32 e Manoel Antonio Farias de Araújo, 46.

Questionado sobre a quantidade de motocicletas recuperadas e sobre a possível facilidade de transportar tais veículos, Chicre informou que os donos de embarcações sabem da documentação necessária para tal transporte.

“Nossa malha fluvial é muito extensa e isso dificulta a fiscalização, mas para transportar uma motocicleta dessas, por exemplo, o proprietário precisa ir até a delegacia especializada e emitir um documento autorizando tal transporte”, declarou.

O delegado informou também que a operação foi realizada em parceria com as delegacias dos municípios, assim como os juízes das respectivas comarcas. “Também fomos dar auxílio às unidades policiais na calha do rio e ajudar no cumprimento de alguns mandados de busca e apreensão e de prisão também”, concluiu.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.