Publicidade
Manaus
ÁGUA

Mais de 90 localidades em Manaus ficam sem água a partir desta quinta-feira (7)

Os trabalhos estão previstos para começar às 22h e terminar às 5h de sexta-feira (8). Veja lista de bairros 06/06/2018 às 15:20 - Atualizado em 06/06/2018 às 15:28
Show show 75b5b96e 2797 43c6 92d3 6e7ac8e6f78e
Foto: Arquivo A Crítica
acritica.com Manaus

A concessionária de água Manaus Ambiental informou que precisará interromper o abastecimento de água nesta quinta-feira (7) para mais de 90 localidades da capital amazonense. O motivo são serviços de manutenção em uma rede adutora de água tratada de DN 1.000 mm localizada na rua Paris, no Campos Elíseos, Zona Centro-Oeste da cidade. Os trabalhos estão previstos para começar às 22h e terminar às 5h de sexta-feira (8).

Os locais afetados são: Redenção, Campos Elíseos, Jardim Versalhes, conj. Canaã, Belvederes, Ajuricaba, Flamanal, Bela Vista, Lírio do Vale II, Augusto Monte Negro, Ponta Negra, Santo Agostinho, Compensa; Eduardo Gomes; conj. Hileia, Bairro da Paz, Sto. Dumont, Flores; Mundo Novo, Parque das Nações, Beija Flor I e II, Sta. Cruz, Ozias Monteiro; Col. Sto. Antônio, José Bonifácio, Monte Sinai, Vale do Sinai, Manoa, Terra Nova II, Novo Israel, loteamento América do Sul, conj. Canaã, Celebridade, Jesus Me Deu; Monte das Oliveiras, Monte Pascoal, Parque Florestal, Monte Cristo, comunidade Luís Otavio, lot. Fortaleza, Santa Tereza, comunidade Peniel, lot. Raquel, Vitoria Regia, Vista Alegre, lot. Agnus Dey; Nova Cidade, conj. Carlos Braga; São Luís, lot. Rio Piorini, Terra Nova III, Sta. Marta; Cidade Nova nos núcleos 1-2-3-4-5-6-7-8-9-10-11-12-13-14-15, conj. Canaranas, Vila Real, Riacho Doce I e II, Boas Novas; Vera Cruz, Parque Sta. Etelvina, União da Vitoria, Etelvina I e II; Francisca Mendes, Campo Dourado, Ribeiro Junior, Renato Souza Pinto II, Parque Eduardo Braga, conj. Galileia, Osvaldo Frota, Omar Aziz, Aliança c/ Deus, Raio de Sol. Fazendinha e parte do Alfredo Nascimento.

A Manaus Ambiental ressaltou ainda que a normalização do abastecimento de água nos setores afetados ocorrerá em até 18 horas após o reestabelecimento das operações de adução, reservação e distribuição de água. “É importante enfatizar que a parada programada é necessária para garantir a eficiência do sistema de distribuição de água, garantindo o bom funcionamento dos equipamentos, contribuindo assim, para o fortalecimento e confiabilidade do sistema, melhorando a prestação do serviço à comunidade”, disse a empresa.

A Manaus Ambiental pediu também que nesse período de interrupção nos serviços, os clientes procurem economizar no consumo e reservar água de forma segura, por meio de caixa d’água ou reservatórios, para evitar o desabastecimento nos domicílios até a normalização total do sistema.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade