Publicidade
Manaus
MAUS-TRATOS

Sete gatos são encontrados mortos em Manaus; suspeita é de envenenamento

Um laudo necroscópico apontou que sinais de envenenamento nos animais. O Centro de Zoonoses deve comprovar a suspeita nesta sexta-feira (11) 09/05/2018 às 10:39 - Atualizado em 09/05/2018 às 14:32
Show animais gatos
Os gatos foram encontrados na rua São Lucas, no bairro Nova Esperança 2 (Foto: Divulgação)
acritica.com Manaus (AM)

Pelo menos sete gatos comunitários foram encontrados mortos nessa terça-feira (8) na rua São Lucas, localizada no bairro Nova Esperança 2, na Zona Oeste de Manaus. Alguns dos animais chegaram a ser socorridos, mas não resistiram. Um laudo necroscópico apontou que os gatos tinham sinais de envenenamento.

A bióloga Talita Lemos, 23, que reside na rua onde os gatos foram encontrados, afirmou que por volta das 10h30 acabou sabendo o que tinha acontecido com os animais. "Uma vizinha me chamou e disse que tinham encontrado os gatos e a suspeita era que um dos meus estivesse no bolo. Fui até o local e quando abriram a caixa, reconheci a minha gatinha e cai no choro", lembrou.

Talita conta que depois de ver os animais mortos entrou em contato com a vereadora e presidente da ONG de Proteção, Adoção e Tratamento Animal (PATA), Joana D'arc, para tentar salvar o gato de um vizinho, que no mesmo dia, tinha amanhecido com problemas de saúde. "O gato dele também amanheceu doente ontem. Entrei em contato com a vereadora, mas ele não resistiu à caminho da clínica", destacou. 

Segundo a bióloga, até o momento não existe suspeita de quem possa ter envenenado os gatos. "Há três semanas, dois gatinhos meu amanheceram mortos. Na semana seguinte outros três morreram e apresentaram sinais de envenenamento. Por eu ser uma pessoa que resgata animais, pensava isso era apenas comigo. Mas ontem uma vizinha me chamou e mostrou os gatos mortos. Um dos meus também morreu dessa vez", lamentou.

CMM acompanha o caso

A vereadora Joana D'arc, informou que acompanhou o caso nessa terça-feira (8). "Uma moça chamada Talita nos procurou, porque um dos gatos dela estava agonizando. Encaminhamos o animal dela para clínica, mas o gato morreu antes de chegar na unidade veterinária. Depois ela me disse que outros animais tinham sido encontrados mortos na rua dela e que a suspeita era de envenenamento", contou Joana D'arc.

A vereadora também comentou que o Centro de Controle de Zoonose (CCZ) vai apresentar um lado nesta sexta-feira (11), que deve comprovar ou não a veracidade da denúncia."Infelizmente em Manaus ainda tem muita gente com mentalidade de dar chumbinho para os animais. A Talita, que encontrou os gatos, pediu um laudo necroscópico e ele apresentou sinais de envenenamento. A gente não sabe se essa pessoa deixou o veneno em determinado local ou se saiu jogando nas casas. O CCZ apresentará um laudo nesta sexta-feira", contou.

Ainda a vereadora destaca que o caso só será registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) quando o CCZ tiver divulgado o laudo da morte dos animais. "Esse tipo de envenenamento é uma das formais de maus-tratos mais covardes que existe. A pessoa utiliza da questão de que o animal está com fome, para jogar o veneno", completou.

Resposta da Semsa

Procurado pela reportagem, o Centro de Controle de Zoonose da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou que enviou para a rua São Lucas um fiscal de saúde e um biólogo para fazer a inspeção e investigar a morte de felinos.

O órgão também relatou que segundo os relatos dos moradores, os animais apresentavam tremores, vômitos e, em alguns casos, diarreia marrom escura.

A Semsa comunicou ainda que o CCZ recolheu cinco animais - sendo quatro adultos e um filhote para a coleta de material e exame laboratorial para raiva. O exame deve ficar pronto nesta sexta-feira (11).

Publicidade
Publicidade