Publicidade
Manaus
Manaus

Mais duas casas noturnas são interditadas em Manaus

As duas casas apresentaram irregularidades nos documentos obrigatórios e necessários para o funcionamento, como o alvará de funcionamento e as licenças, ambiental e do Corpo de Bombeiros 30/01/2013 às 16:47
Show 1
Cervejaria Fellice é interditada pela comissão de fiscalização organizada há três dias
Bruna Souza e Florêncio Mesquita Manaus, AM

A cervejaria Fellice e o Forró dos 3, ambas localizadas na Zona Sul de Manaus, foram interditadas na manhã desta quarta-feira (30) pela comissão organizada pela Prefeitura Municipal de Manaus (PMM) para fiscalizar as condições de funcionamento das casa noturnas e boates da cidade.  Este é o terceiro dia de fiscalizações  após o incêndio em uma casa noturna em Santa Maria (RS).

As duas casas apresentaram irregularidades nos documentos obrigatórios e necessários para o funcionamento, como o alvará de funcionamento e as licenças, ambiental e do Corpo de Bombeiros.

Na cervejaria Fellice, localizada na avenida Rodrigo Otávio, bairro do Distrito Industrial, a equipe de fiscalização encontrou irregularidades, a casa não tinha o alvará de funcionamento e a liberação das licenças obrigatórias. De acordo com o proprietário, Paulo Osterno, a Fellice possui o alvará, mas não estava no  local durante a fiscalização, fato questionado pela comissão, pois o mesmo deve estar exposto e visível aos freqüentadores.


O Forró dos 3, localizado  na rua Tefé, bairro Japim, também foi interditado por estar com o alvará de funcionamento vencido desde 2009 . Outro ponto verificado é que a casa de forró possui painéis de propagandas de patrocinadores e só poderia exibi-los após a liberação da licença de publicidade que ainda está em andamento no Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb).

A comissão que conta ainda com a participação de representantes da  Secretaria Municipal de Finanças (Semef), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (CREA-AM), Corpo de Bombeiros entre outros órgãos, está divida em seis equipes para atender as seis zonas de Manaus.

Lacre violado

A equipe de fiscais, contando com a presença do prefeito em exercício, Bosco Saraiva, voltou boate de strip tease Remulo's Club, onde constatou que o lacre de interdição na porta do local havia sido violado, assim como o ar condicionado ligado. Para os fiscais, indício de que o local havia funcionado normalmente na noite anterior. Esta hipótese foi rechaçada pelo advogado do estabelecimento, que negou a possibilidade.

Remulo'sClub e o Dama da Noite, que funciona do outro lado da rua e pertence à mesma pessoa, foram novamente lacrados. Assim como a lanchonete que funciona em frente ao Remulo's, classificada como sem condições sanitárias pela Dvisa. A mesa de som do estabelecimento também foi apreendida na ação.

Justiça

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Ari Moutinho, afirmou ainda nesta manhã, que vai cassar todas as liminares que amparam o funcionamento de casas noturnas e bares em situação irregular.


Publicidade
Publicidade