Publicidade
Manaus
Manaus

Mais um detento é decapitado dentro de presídio em Manaus; é o terceiro em menos de 1 mês

Hudson Souza Lopes foi morto por outros internos que estavam na área de triagem, perto do a área de inclusão onde a vítima era mantida, por motivos de segurança. Detentos renderam agentes penitenciários e o mataram no local 17/07/2015 às 18:21
Show 1
Caso aconteceu no Ipat
Kamyla Gomes Manaus (AM)

O detento Hudson de Souza Lopes foi degolado por outros presidiários na tarde desta sexta-feira (17), após os agentes penitenciários que o vigiavam serem rendidos. O homem cumpria pena no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), localizado no KM 8 da rodovia BR-174. Esta é a terceira decapitação que ocorre em presídios de Manaus em menos de um mês.

Conforme a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Hudson foi morto por outros internos que estavam na área de triagem, próxima da área de inclusão onde a vítima se encontrava, por motivos de segurança.

Os detentos renderam os agentes penitenciários que vigiavam Hudson, acessaram a cela onde ele estava e o decapitaram no local. Em nota, a Seap informou que irá instaurar uma sindicância para apurar os fatos e identificar os envolvidos no caso, para que sejam responsabilizados.

Detentos já decapitados

O primeiro detento degolado foi Winchester Uchôa Cardoso, de 35 anos, conhecido como "Chester", decapitado no início deste mês ao ser ao ser transferido para o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), quilômetro 8, da BR-174.

O homem, que seria dissidente da facção criminosa Família do Norte (FDN), havia sido preso em abril deste ano pela polícia do Rio de Janeiro, no bairro de Copacabana.

O segundo a ser decapitado por outros detentos foi Aldemir Picanço de Oliveira, de 38 anos, conhecido como "Deco", morto na tarde da última desta sexta-feira (10) no pavilhão 1 do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Revista no CDP

Cerca de 130 estoques (armas brancas de fabricação caseira), 12 celulares e trouxinhas de drogas, foram apreendidos durante revista no Centro de Detenção provisória (DCP), no Km 8 da BR -174, comandada por policiais do Comando de Policiamento Especial (CPE) da Polícia Militar, na manhã da última segunda-feira (13).

Publicidade
Publicidade