Publicidade
Manaus
Manaus

'Mamaço' coletivo reúne mais de mil mães na Ponta Negra

A campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do aleitamento na redução da mortalidade infantil 25/11/2014 às 18:09
Show 1
Intitulada "Mil Mães Amamentando", a ação ocorre de dois em dois anos em diversas capitais do país
oswaldo neto ---

Mais de 1.000 mães de várias zonas da capital participaram na tarde desta terça-feira (25) de um "mamaço coletivo" na arquibancada do Anfiteatro da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. A campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do aleitamento na redução da mortalidade infantil.

O evento faz parte XIII Encontro Nacional de Aleitamento Materno (Enam) e do III Encontro Nacional de Alimentação Complementar Saudável (Enacs). Intitulada "Mil Mães Amamentando", a ação ocorre de dois em dois anos em  diversas capitais do país e em 2014, Manaus foi escolhida para ser sede.

Segundo a coordenadora da iniciativa em Manaus, Ivone Amazonas, um dos objetivos do "mamaço" é atentar para a mortalidade infantil. "Já é comprovado que o aleitamento promove a diminuição de mortes de crianças. Em Manaus, o Mil Mães pretende proteger, apoiar e divulgar s importância deste ato, que resulta em uma alimentação saudável para a criança e uma ótima maternidade", explica.

As mães convidadas fazem parte de cinco distritos pertencentes às Zonas Norte, Sul, Leste Oeste e Rural de Manaus. Mãe de Júlia, de apenas 11 meses, Jéssica Cabral, 15, moradora da comunidade Nossa Senhora de Fátima, revela o prazer dela em amamentar sua filha.

"Eu gosto, é importante para o desenvolvimento dela. Ela (Júlia) gosta muito, até puxa a minha blusa quando sente vontade. Espero que ela tenha essa vontade por muito tempo", diz.

Outra mãe que participou do encontro foi a indígena da aldeia Rouxinol, Joana Barros. Com o filho Emanuel, de 9 meses, ela conta o gosto do pequeno pelo leite. "Ele mama bastante. Come peixe, come tudo, mas o leite que é o mais importante ele não larga", brinca.

O encontro ainda contou com a participação do prefeito Artur Neto, dos secretários municipal e estadual de saúde, Homero Miranda Leão e Wilson Alecrim, vereadores e representantes do Ministério da Saúde.

Publicidade
Publicidade