Terça-feira, 18 de Junho de 2019
NOVOS HORIZONTES

Manaus Ambiental muda de nome e anuncia investimento de R$ 880 milhões

A concessionária passa a se chamar Águas de Manaus e promete maior proximidade com a população, além de seriedade, atendimento porta a porta e até renegociação de dívidas dos usuários



_gua_798B319E-EF31-4AB0-98D2-0D5BF26FC385.JPG Foto: Divulgação
26/11/2018 às 18:37

Ao anunciar o novo nome da concessionária de abastecimento água da capital, que passou a se chamar Águas de Manaus, o diretor-presidente da empresa, Renato Medicis, reafirmou o compromisso de melhorar o serviço de atendimento e ampliar a rede de esgotamento sanitário com investimento anuais, além de uma nova forma de atender a população de Manaus. 

“Hoje temos 98% de atendimento de água, mas temos uma perda elevada por conta das irregularidades e, às vezes, por conta de energia, mas é óbvio que a ampliação da rede de esgoto é a grande meta e o maior desafio”, afirmou ele.

Medicis também prometeu, nesse novo momento, que para o grupo representa um marco, maior proximidade com a população, além de seriedade, transparência investindo na educação, atendimento porta a porta e até renegociação de dívidas dos usuários. “Com esse momento de mudança e essa nova forma de enxergar o saneamento, a empresa passa a se chamar Águas de Manaus. Com uma nova identidade, uma nova forma de interagir com a sociedade, Manaus  vai dar um grande salto no que diz respeito ao saneamento básico”, completou o diretor presidente.

Conforme Medicis, nos próximos cinco anos, a concessionária Águas de Manaus, da Aegea Saneamento, fará investimentos de aproximadamente R$ 880 milhões. Em 2019, serão aproximadamente R$ 160 milhões para investir em duas áreas consideradas prioritárias: o atendimento de água e o esgotamento sanitário.

A meta da concessionária é ampliar a rede de esgoto de 19% para 80% até 2030 e, segundo o diretor-presidente, Manaus dará um “tremendo” salto em apenas 12 anos.  “Se você pegar a média nacional, que beira 50%, Manaus, em apenas 12 anos, vai dar um tremendo salto em relação ao Brasil”, disse.

O diretor-presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis, também apresentou um balanço das ações da empresa nos primeiros 150 dias de atuação em Manaus. No dia 4 de julho, a empresa inaugurou a Estação de Tratamento de Esgoto Timbiras (ETE – Timbiras), que beneficia 100 mil pessoas.

Também atua para reduzir o desperdício e melhorar o abastecimento. Atualmente, segundo a concessionária, Manaus tem 98% de abastecimento de água tratada beneficiando diretamente 2 milhões de pessoas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.