Publicidade
Manaus
FALTA DE ÁGUA

Manaus Ambiental tem um dia para retomar fornecimento de água no conj. Bom Viver

Determinação parte da Arsam, que apurou denúncia feita por moradora e constatou a irregularidade no serviço 09/11/2017 às 19:14
Show agua
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) determinou um prazo de 24 horas para a concessionária Manaus Ambiental restabelecer o abastecimento de água no conjunto Bom Viver, no bairro Santa Etelvina, na Zona Norte de Manaus.

Uma moradora do conjunto denunciou a falta de água e a Arsam enviou o chefe do Departamento de Fiscalização de Saneamento, engenheiro Jorge Caresto, para averiguação do problema na manhã desta quinta-feira (09/11), que constatou a irregularidade na prestação do serviço de abastecimento.

De acordo com o relato da moradora, a concessionária não atendeu aos prazos estabelecidos em seis protocolos registrados junto ao Serviço de Atendimento ao Consumidor da Manaus Ambiental, o que a motivou também a realizar um registro junto à Arsam. Segundo Jorge Caresto, há mais de um ano, a água chegava às residências apenas durante os períodos noturnos, com baixa pressão, e há 48 horas não chega mais às torneiras dos moradores da região.

Como providência imediata, a fiscalização da Arsam solicitou a presença da equipe operacional da concessionária para realizar serviços de sondagem, ou seja, escavação a fim de identificar possíveis obstruções na rede de distribuição que atende ao conjunto.

Ouvidoria

Denúncias ou reclamações não atendidas pela concessionária de água e esgoto, dentro do prazo estabelecido nos protocolos, devem ser encaminhadas à Ouvidoria da Arsam ( através do telefone 0800-280-8585 ou 3234-8397), ou registradas pessoalmente, no guichê de atendimento da agência reguladora, localizado no PAC São José, no Uai Shopping.

Novos postos de atendimento

Além do PAC São José, será inaugurado um posto de atendimento no PAC Cidade Nova, no Shopping Sumaúma, nesta sexta-feira (10/11), e, na próxima semana, um outro posto na rua Miranda Leão, Centro, Zona Sul.

Na próxima segunda-feira (13/11), a Ouvidoria também vai disponibilizar para a população um formulário de reclamações no site da Arsam.

Publicidade
Publicidade