Publicidade
Manaus
ATENDIMENTO

Manaus Ambiental usa o WhatsApp para resolver demandas da população

Concessionária criou grupos no aplicativo de quatro áreas diferentes da cidade para ouvir solicitações de moradores. São cerca de 50 pedidos diários pelo celular 18/10/2018 às 16:27
Show whatsapp image 2018 10 18 at 15.58.18 a1a4c521 bd68 48eb 9cda 3286aa2ef742
acritica.com Manaus

Atualmente cerca de 80% das demandas diárias recebidas pelo programa “Afluentes”, lançado no início de agosto pela Manaus Ambiental, são atendidas em menos de 24 horas. A empresa completa, nesta terça-feira (16), a primeiro ciclo de reuniões com lideranças comunitárias das zonas Centro-Sul e Sul da cidade. A capital amazonense foi dividida em quatros áreas. Para cada uma delas foi criado um grupo de WhatsApp, permitindo que colaboradores da concessionária ouçam as solicitações dos moradores, esclareçam dúvidas e definam uma pauta de demandas para atender às necessidades prioritárias, por meio de um planejamento estratégico de trabalho.

Nesses primeiros três meses, o programa vem registrado média diária de 50 solicitações de serviços, a maioria sobre conserto de vazamentos, manutenção de rede de esgoto, ligações e pedidos de expansão de rede de abastecimento de água, que são repassadas à concessionária pelos líderes comunitários, via aplicativo WhatsApp. As informações são trocadas por meio do aplicativo entre quatro grupos representando áreas da capital amazonense. Na outra ponta, as equipes da Manaus Ambiental atendem as solicitações e enviam a turma para realizar o serviço.

“A gente entra no grupo do WhatsApp e informa o problema. Às vezes fazemos uma foto do vazamento e enviamos. Imediatamente a equipe mais próxima vem e conserta. Fico feliz pela interação com a comunidade. Era isso que queríamos”, informa Frank Souza, líder comunitário da Primeira Etapa do João Paulo.

As solicitações estão sendo atendidas, como o caso dos pedidos de expansão da rede de abastecimento de água, que nesse primeiro período já foi ampliada em 4.811 metros, atendendo 732 famílias nos bairros da Compensa, Braga Mendes, Jesus Me Deu, Nossa Senhora de Fátima e Cidade de Deus.

“A comunidade atende ao nosso convite e comparece. As reuniões são produtivas e podemos estabelecer as prioridades para atender as necessidades de cada bairro, localidade e executar os serviços”, informa o responsável pelos Projetos Sociais da Manaus Ambiental, Semyr Ferraz.

Para o presidente da Associação de Moradores do Jesus Me Deu, Sidney Ribeiro, “desde que os grupos foram criados que o atendimento tem sido rápidos para consertos de vazamentos, ligações e implantação de nova rede, como nas ruas e travessas onde moram cerca de 300 famílias”.

Ação Conjunta – Além de um atendimento personalizado às lideranças comunitárias, realizado pela equipe de Projetos Sociais, as ações do programa incluem: visitas às associações de moradores; palestras nos bairros; e encontros com representantes da companhia. Os líderes são convidados para participar de eventos importantes para a comunidade às quais representam, como lançamentos e inaugurações de obras.

Até o momento, mais de 250 líderes comunitários e presidentes de associações de moradores já participaram desses encontros realizados periodicamente pela equipe de projetos sociais da Manaus Ambiental. As reuniões permitem a integração entre os usuários e a empresa, estabelecendo um canal aberto de comunicação.

Publicidade
Publicidade