Quarta-feira, 01 de Abril de 2020
Manaus

Manaus é uma das melhores cidades brasileiras para se viver, afirma consultoria britânica

Após boa exposição durante a Copa do Mundo da Fifa, em 2014, a capital amazonense desponta globalmente e aparece como a quarta cidade brasileira com a melhor qualidade de vida. Brasília está no topo do ranking nacional, apesar de ocupar o 107º lugar na lista internacional completa



1.jpg Qualidade de vida: Manaus ficou na 127ª posição entre 440 cidades pesquisadas ao redor do planeta
05/03/2015 às 19:23

Manaus está entre as quatro cidades brasileiras com a melhor qualidade de vida, ficando atrás apenas de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Segundo pesquisa feita pela consultoria britânica de recursos humanos Mercer, a capital do Brasil, que ocupa o 107º lugar entre 230 cidades pesquisadas em todo o mundo, é o melhor lugar para viver do País. A cidade de Manaus ocupa a 127ª posição, antecedida pelo Rio (119º) e São Paulo (120º).

Ao todo, 440 cidades globais foram avaliadas, levando em conta aspectos econômicos, políticos, sociais, culturais, ambientais e de segurança, além de oferta de serviços, educação e moradia. As cidades europeias são as que dominam o topo do ranking.

Além de Viena, estão entre as melhores da lista duas cidades suíças - Zurique (2º) e Genebra (8º) -, três cidades alemãs - Munique (4º), Dusseldorf (6º) e Frankfurt (7º) -, e a capital dinamarquesa, Copenhague (9º). Auckland (3º), na Nova Zelândia, Vancouver (5º), no Canadá, e Sydney (10º), na Austrália, completam o Top 10.

Cidade brasileira com a melhor avaliação, Brasília ficou atrás de três capitais da América do Sul. Montevidéu (78º), no Uruguai, obteve a melhor posição na região, seguida por Buenos Aires (91º), na Argentina, e Santiago (93º), no Chile. Bagdá, capital do Iraque, fecha a lista em último lugar.



Na Ásia, o destaque fica por conta de Singapura (Singapura), que ocupa a 25ª colocação, e, no Oriente Médio, as líderes são a Dubai e Abu Dhabi (ambos dos Emirados Árabes Unidos), que estão em 74ª e 77ª, respectivamente.

De acordo com a empresa, a edição 2015 do ranking avaliou o desempenho de 440 cidades em dez diferentes categorias, como o ambiente econômico e sociocultural, a qualidade das escolas, a moradia e os serviços de transporte público, e classificou 230 delas. O ranking compreende 230 cidades e é usado por multinacionais no cálculo de benefícios para funcionários expatriados.

Grata surpresa

Em 2014, Manaus foi destaque, pela Fifa e jornalistas do mundo inteiro, com uma das melhores sedes da primeira fase do campeonato mundial de futebol. Na avaliação do Ministério do Turismo (MTur), o Amazonas soube aproveitar a oportunidade e se “vender” para o mundo. Tanto que, além de Manaus, os turistas estrangeiros da Copa visitaram outros destinos amazonenses como Parintins, Novo Airão, Tabatinga e Tefé.

As pesquisas do MTur mostram ainda que Manaus vem despontando como importante destino de turismo de negócios, atraindo turistas de alto poder aquisitivo. A capital está também entre as dez cidades mais desejada pelos viajantes.

Agora, é cotada para ser uma das subsedes das Olimpíadas de 2016, com jogos na Arena da Amazônia, eleita pelo site StadiumDB como a segunda melhor do mundo. O primeiro lugar ficou com o estádio Hazza Bin Zayed, dos Emirados Árabes. A decisão final, se Manaus será uma das sedes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, será tomada no dia 16 de março em reunião do comitê organizador da Fifa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.