Publicidade
Manaus
Manaus

Manaus em chamas: seis incêndios em vegetação foram registrados nesta terça (23)

O forte calor aliado ao clima seco está transformando as áreas verdes da cidade em um grande perigo à população. Os bombeiros já combateram quase 200 incêndios desse tipo somente em 2014 23/09/2014 às 18:09
Show 1
Incêndio em vegetação no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus
DENIR SIMPLÍCIO ---

Os números de incêndios em vegetação são alarmantes e assustam a população de Manaus. Somente na manhã desta terça-feira (23) o Corpo de Bombeiros do Amazonas (Cbmam) registrou seis ocorrências de fogo em áreas verdes da cidade. Desde janeiro de 2014, foram quase 200 casos do tipo que assustam os moradores das diversas zonas da capital e acaba fazendo o clima de Manaus ainda mais quente.

Segundo os dados disponibilizados pela assessoria de comunicação dos bombeiros, o mês de setembro é disparado o que mais registrou incêndios em vegetação. Foram 104 ocorrências somente este mês, sendo que os brigadistas tiverem que conter seis desses sinistros somente na manhã desta terça. O número já é mais que o dobro dos anotados no mesmo período do ano passado, onde 41 casos foram registrados em setembro de 2013.

De acordo com os números da Corporação, a Zona Norte de Manaus é que mais registra casos de chamas em áreas verdes. Dos 199 casos ocorridos na capital amazonense, 63 foram registrados naquela região contra 11 ocorridos na Zona Centro-Sul, que é a região de menor ocorrência desse tipo na cidade.

Terça-feira de chamas

Várias ocorrências foram registradas pelo Corpo de Bombeiros somente na manhã desta terça. No bairro Tarumã, na Zona Norte; no bairro São José, na Zona Leste; no conjunto Hileia, no bairro Redenção, na Zona Centro-Oeste e na Cidade Nova, na Zona Norte da capital. Além de uma vegetação que margeia a BR-319, nas proximidades do Distrito Industrial e outro no beco Mauá, no bairro Coroado, também na Zona Leste de Manaus.

Somente em três desses incêndios foram gastos quase 10 mil litros de água na contenção das chamas que atingiram mais de cinco mil metros quadrados de vegetação da cidade. A população se vê bastante assustada com as constantes queimadas urbanas. O maior temor dos moradores de áreas próximas a estes locais é de que o fogo se alastre, fuja de controle e atinja suas moradias.

Os bombeiros alertam os habitantes a denunciarem pessoas que estejam fazendo queima de material de qualquer tipo dentro de quintais, terrenos ou até mesmo na zona rural da cidade. O Corpo de Bombeiros afirma que queimada em área urbana é crime previsto em Lei e que conta com a população de Manaus para evitar que danos maiores ocorram por conta desse problema.

Publicidade
Publicidade