Domingo, 17 de Novembro de 2019
TECNOLOGIA

Manaus irá sediar a Campus Party Amazônia em 2020

A capital recebe em março do próximo ano o evento de tecnologia. Lançamento ocorreu nesta quarta (31) na sede da reitoria da UEA



campus_FFCB08E7-8DBE-4F13-8636-4EFEE37D6C8F.JPG Foto: Antônio Lima
31/07/2019 às 21:45

O lançamento da Campus Party edição Amazônia ocorreu na sede da reitoria da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), no bairro de Flores, Zona Centro-Oeste de Manaus, nesta quarta (31). O evento promete ‘hackear’ o gramado da Arena da Amazônia, que será transformada em palco para mais de 100 mil pessoas apresentarem projetos, assistirem a palestras de robótica, empreendedorismo digital e criatividade, durante os dias 18 a 22 de março de 2020. O evento é um dos maiores encontros dos amantes de tecnologia do mundo e aterrissa em Manaus em busca dos ‘talentos do Norte’.

“Consideramos Manaus um dos pontos mais influentes do Brasil em profusão de novas tecnologias”, disse Francesco Ferrugia, presidente da Campus Party, que complementa afirmando que “o ecossistema amazônico pode ser usado para promover a inserção de pessoas na indústria 4.0”. 
 
Questionado de como seria este processo em Manaus, o presidente aponta o potencial da Zona Franca e a forte presença de ensino de tecnologia nos centros de pesquisa, como sendo um dos elementos que levou à escolha da cidade para as próximas duas edições. “Vamos estar em Manaus em 2020 e em 2021, pois a cidade produz bastante conhecimento tecnológico”, disse.



O tema central da edição do próximo ano será sobre meios de pagamento. O Brasil é uma das referências mundiais em serviços do gênero, que engloba programação, design e relacionamento com o consumidor. Com o apoio do Grupo Transire, maior fabricante de terminais de pagamento no país, a edição de 2020 vai discutir inovações, novas tecnologias e aplicações em sistemas financeiros. 

“Já realizamos e apoiamos vários projetos, mas trazer a Campus Party para Manaus, que é o maior acontecimento de tecnologia, inovação, criatividade, e cultura digital do mundo, mudará a visão do jovem em relação à tecnologia e auxiliará na preparação de novas ideias permitindo que a cidade evolua como sociedade”, destaca o presidente da Transire, Gilberto Novaes.

Campus Future

Na Arena, estarão localizados os palcos e espaços de workshops que receberão as palestras de tecnologia. Impressão 3D e internet de alta velocidade estarão disponíveis ao público. Um camping será montado com estrutura de banheiros e chuveiros, e local para as barracas os ‘campers’.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.