Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
IMG0017190548.JPG
publicidade
publicidade

TEMPORAL

Manaus registra ventos de até 70 km/h e sete bairros ficam sem energia durante temporal

Linha de Instabilidade formada no litoral do Pará é a responsável pelo fenômeno na capital do Amazonas


03/05/2016 às 19:04

Manaus registrou rajadas de vento de até 70 km/h durante temporal na tarde desta terça-feira (3). Diversos bairros foram atingidos e, pelo menos sete, ficaram sem energia.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre 15h e 16h, o bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul, registrou rajadas de 51,8 km/h. No Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, os ventos chegaram a 70,4 km/h às 15h45.

Segundo meteorologista Ivan Saraiva, do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), as chuvas foram decorrentes se um sistema meteorológico conhecido como Linha de Instabilidade (LI).

"As LI's costumam se formar no litoral do Pará, e em algumas vezes, propagam-se por vários quilômetros. Neste período, é comum a passagem deste tipo de sistema meteorológico em Manaus", explicou o especialista.

O meteorologista informou ainda que as LI's costumam provocar fortes chuvas e, geralmente, estão acompanhadas de rajadas de vento e trovoadas. O sistema estava sendo monitorado desde o inicio da manhã, quando a LI estava localizada sobre a cidade de Santarém.

Bairros sem energia

A Eletrobras Distribuição Amazonas informou que o forte temporal causou desligamentos de circuitos alimentadores e danos na rede elétrica da cidade.

A chuva caiu com maior intensidade por volta das 15h, quando fortes ventos causaram a queda de árvores e deslocamento de objetos que atingiram a rede de distribuição afetando o fornecimento de energia em parte dos bairros Tarumã, Águas Claras, Adrianópolis, Centro, Aleixo, Campos Sales, Monte das Oliveiras e adjacências. 

Em nota, logo após o fenômeno, a empresa informou que estava com seu contingente reforçado para o atendimento das emergências. 

A Eletrobras informou que os alimentadores estavam sendo religados e a energia restabelecida de forma gradativa e segura, na medida em que os danos são eliminados. "Estamos trabalhando para normalizar todo o sistema no menor tempo possível", ressaltou, em na nota.

"A Eletrobras Distribuição Amazonas reitera o seu compromisso com a população do Estado do Amazonas em oferecer energia segura e de qualidade, contribuindo para o bem estar de seus clientes e o desenvolvimento econômico da região", finalizou, no comunicado.

publicidade
publicidade
Rio de Janeiro está em situação de crise há mais de 30 horas por causa de chuva
Chega a sete o número de mortos por causa das chuvas no Rio de Janeiro
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.