Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
1.gif
publicidade
publicidade

Manaus

Manaustrans decreta mudanças para aliviar o trânsito da cidade

As medidas foram tomadas com base no levantamento de dados dos dois primeiros meses da pesquisa de tráfego do órgão


18/04/2013 às 08:03

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) definiu uma série de mudanças para aliviar os efeitos de uma frota operante de 400 mil veículos circulando diariamente em Manaus. As medidas compreendem a construção de retornos, alargamentos de vias e alterações em sinalizações. Todas foram tomadas com base no levantamento de dados dos dois primeiros meses da pesquisa de tráfego do órgão.

Embora o Manaustrans ainda não tenha definido a ordem de prioridade para executá-las, o diretor de engenharia do órgão, Paulo Henrique Martins, adiantou que estão definidas intervenções no corredor viário que abrange as avenidas Darcy Vargas, Ephigênio Salles e General Rodrigo Otávio Jordão Ramos.

Segundo Paulo Henrique Martins, a pesquisa de tráfego do Manaustrans, iniciada no dia 29 de janeiro, tem identificado o volume de veículos que passam nessas vias e avaliado o comportamento do fluxo com relação aos destinos e seus pontos críticos.

“Nós nos concentramos no corredor Darcy Vargas/Ephigênio Salles/General Rodrigo Otávio porque havia poucos dados sobre o comportamento de tráfego nessas vias. Outras já possuíam de anos anteriores, como avenidas Constantino Nery e Djalma Batista”, disse Martins.

publicidade

Pouco mais de dois meses depois que foi iniciada, a pesquisa de tráfego do Manaustrans identificou que as vias “estão trabalhando no nível de saturação”, isto é, no limite da capacidade delas. Exemplo disso, segundo o diretor de engenharia do órgão, é o trecho da avenida Darcy Vargas, na saída do viaduto Miguel Arraes da avenida Mário Ypiranga Monteiro (antiga Recife).

“Tem duas pistas de tráfego descendo do viaduto, duas pistas vindo da avenida Darcy Vargas e mais duas vindo da rua Maceió. Ao todo são seis pistas estreitando para duas. É insuportável. Nessa área, conforme a pesquisa, em média, por hora, são 1,5 mil veículos descendo do viaduto, mais 1,5 mil na Darcy Vargas e pouco mais de 700 saindo da Maceió no sentido avenida Ephigênio Salles. Tudo isso somente para duas pistas de tráfego”, explicou.

Outro ponto crítico que deverá sofrer mudanças é a rotatória da praça Umberto Calderaro Filho, conhecida como “Bola das Letras”, no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. Segundo a pesquisa de tráfego do Manaustrans, de 2.016 veículos, no horário de pico da manhã, por volta das 7h, que trafegam na avenida Darcy Vargas, sentido avenida Jacira Reis, 570 passam pela rotatória e outros 610 passam por ela para fazerem o retorno.

A pesquisa revelou que esses mais de 1,2 mil veículos im causam congestionamento para outros 1.053 que trafegam na rua Paxiúba (saindo da avenida Pedro Teixeira). “Está definido a construção de um retorno ali”, disse Martins.

publicidade
publicidade
Motoristas do Amazonas vão poder parcelar IPVA atrasado em até 12 vezes
Prefeitura começa a demolir imóveis para obras na avenida Constantino Nery
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.