Publicidade
Manaus
Manaus

Manaustrans deve interditar mais uma vez os retornos na rodovia AM-450, no Tarumã

Os retornos estão causando preocupação para quem trabalha e mora próximo ao local. Segundo agente de segurança, os motoristas têm se arriscado 11/11/2014 às 08:58
Show 1
Na avenida Coronel Teixeira, na Zona Oeste, retorno em frente a uma unidade militar traz riscos para os condutores que fazem a manobra de troca de pistas
jéssica vasconcelos Manaus (AM)

Depois de serem fechados por não garantir segurança aos motoristas, dois retornos localizados em frente ao condomínio Alphaville, na rodovia AM-450 (antiga avenida do Turismo), no Tarumã, Zona Oeste, foram reabertos causando preocupação para quem trabalha e mora próximo ao local com relação a acidentes.

De acordo com o agente de segurança Mauricio Souza, 28, os retornos foram abertos no feriado de finados e não foram fechados novamente e, por enquanto, os motoristas têm se arriscado, pois quem faz retorno no local não tem a visibilidade necessária para mudar de pista com segurança.

Ainda de acordo com o agente, a situação é pior durante a noite porque os condutores não respeitam a velocidade da pista e passam apressados enquanto outros motoristas tentam fazer o retorno. “Ainda não houve acidente, mas o risco é muito grande porque não vejo as pessoas respeitando a vez do outro”, disse o agente.

Para o vendedor de frutas Afonso Lira Medeiros, 31, não há necessidade de os retornos continuarem abertos porque a aproximadamente 50 metros há uma rotatória que permite aos condutores retornarem para o trecho oposto da avenida em segurança. “É inaceitável que o motorista não possa andar 300 metros e fazer a manobra com segurança sem correr o risco de causar um acidente”, acrescentou o vendedor.

O vendedor lembra que presenciou diversos acidentes no local, a maioria motivado por imprudência dos condutores que andam em alta velocidade e não respeitam a sinalização da via.

Em abril, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) informou que os dois retornos foram abertos para atender a uma necessidade temporária, que surgiu devido à promoção da Fifa Fan Fest, que aconteceu na Ponta Negra como evento auxiliar da Copa do Mundo de Futebol, quando Manaus foi uma das sedes do torneio. Segundo a assessoria de comunicação do órgão, era necessária uma saída para os moradores dos condomínios de luxo da Ponta Negra e assim minimizar os transtornos ao trânsito local durante os 40 dias de evento no complexo da Ponta Negra.

Os retornos foram fechados em abril, depois que o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) apontou que os locais apresentam risco de acidentes. No total, foram fechados seis retornos.

Coronel Teixeira

De acordo com o Manaustrans, não há previsão para o fechamento dos retornos da avenida Coronel Teixeira, porém os técnicos do órgão tem analisado a situação de cada local antes de tomar a decisão.

Publicidade
Publicidade