Publicidade
Manaus
MULTAS

Manaustrans divulga lista de envolvidos em 1.574 infrações de trânsito em Manaus

O órgão registrou 951 multas durante outubro de 2016 e dezembro de 2017. O número de autuações chegou a 623 no mês de janeiro 14/02/2017 às 16:12 - Atualizado em 14/02/2017 às 16:45
Show colocar transito
(Foto: Bruno Kelly/A Crítica)
Amanda Guimarães Manaus (AM)

Entre o período de outubro a dezembro de 2016, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) registrou 951 multas em Manaus.  O órgão também apontou durante o mês de janeiro deste ano, 623 autuações. No total, os números chegam a 1.574 infrações. A lista de envolvidos foi divulgada no Diário Oficial do Município (DOM) desta segunda-feira (13). 

Os dados das multas são referentes ao dia 14 de outubro de 2016 até 29 de dezembro do mesmo ano. Já as autuações, são referentes às infrações cometidas entre o período de 13 até 27 de janeiro de 2017.  

De acordo com o DOM, os condutores que foram alvos das multas podem recorrer da decisão. O formulário do recurso deve ser entregue no Manaustrans, com cópias do comprovante de residência, da CNH ou Permissão para Dirigir do condutor infrator, CRLV e procuração reconhecida em cartório, caso necessário.

Pessoa Jurídica deve apresentar cópias do CNH do responsável, CRLV, comprovante de residência, procuração reconhecida em cartório, CNPJ, Contrato Social e Locadora de Veículos, com cópia autenticada do Contrato de Locação. O prazo para pagamento com desconto de 20% e apresentação de recurso junto a JARI, deverá ser de 30 dias, a contar da data da publicação do Diário Oficial do Município.

Autuações
Conforme o DOM, os condutores autuados precisam se apresentar no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), levando consigo o formulário com assinatura do proprietário do veículo, registradas em cartório. Além de cópias do comprovante de residência, da CNH ou Permissão para Dirigir do condutor infrator.

Caso queira recorrer da decisão, o motorista possui o prazo de quinze dias, a contar da data da publicação do DOM, para apresentar-se na sede do Manaustrans e efetuar a defesa da autuação na Comissão de Defesa Prévia. Se o condutor não se apresentar, o órgão importará em considerar-se o proprietário do veículo como responsável pela infração.

Publicidade
Publicidade