Publicidade
Manaus
Manaus

Máquina com adesivo da Prefeitura realiza obras em Bar-Restaurante no Vieiralves

De acordo com a secretaria, uma equipe de fiscalização foi até o local para verificar a situação. Segundo informações do órgão, trata-se de uma empresa que prestou serviços e usou a logo da prefeitura em seu maquinário 12/11/2013 às 21:32
Show 1
Máquina com adesivo da prefeitura realiza serviço em Bar-Restaurante no Vieiralves
Jaíze Alencar Manaus (AM)

Moradores e funcionários do conjunto Vieiralves, no bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus, incomodados com uma obra de pavimentação em um estacionamento pertencente a um Bar-Restaurante conhecido na cidade, cujo nome faz referência a um bairro do Rio de Janeiro, denunciaram a possível utilização de maquinário da Prefeitura para a realização das obras.

O morador José Dias (nome fictício), disse que na tarde desta terça-feira (12), percebeu que no estacionamento do estabelecimento, chegaram vários veículos grandes para o asfaltarem, mas achou estranha a presença de um veículo rolo compressor com um adesivo da Prefeitura realizando um serviço particular.

“Achei melhor denunciar porque não faltam pessoas querendo se aproveitar do serviço público em benefício próprio. A forma como eles estão fazendo essa obra me pareceu suspeita, eles colocaram uma lona para que ninguém visse nada”, disse.

  

Nossa equipe de reportagem foi ao local e verificou que funcionários de uma empresa terceirizada realizam a pavimentação do local estacionamento com o auxílio de um equipamento rolo compressor que possui identificação da logomarca da Prefeitura.

A assessoria da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) foi contatada e informou também ter recebido uma denúncia semelhante.

De acordo com a secretaria, uma equipe de fiscalização foi até o local para verificar a situação. A Seminf informou ainda que o contrato da Prefeitura com a empresa responsável pelo maquinário já foi encerrado e a empresa terceirizada responsável pela obra possui um contrato com o dono do equipamento.

Ao ser questionada sobre a utilização do adesivo, a assessoria informou que o equipamento está a disposição da Prefeitura, mesmo após o encerramento do contrato. A Seminf não soube informar o motivo da identificação não ter sido removida pela equipe de fiscalização que esteve no local.

A reportagem tentou contatar a direção do estabelecimento comercial por meio do telefone ****-3567, mas não obteve sucesso.

Publicidade
Publicidade