Publicidade
Manaus
Manaus

'Marcha Para Jesus' causará desvios no trânsito e bloqueio de vias, neste sábado (6)

Para evitar transtornos, motoristas e usuários de ônibus devem ficar atentos aos devios das vias e as mudanças dos itinerários com a celebração evangélica 05/06/2015 às 21:32
Show 1
No ano passado, nem mesmo o reforço na orientação aos motoristas evitou os congestionamentos e transtornos na ruas do Centro
Náferson Cruz Manaus (AM)

O evento religioso “Marcha para Jesus”, que acontece hoje em  Manaus,  promete reunir milhares de fiéis de várias congregações evangélicas. No ano passado, aproximadamente  700 mil pessoas participaram ao som de 20 trios elétricos. Mas nem tudo foi alegria. Várias ruas foram interditadas, o trânsito ficou lento e engarrafado em vias de grande movimentação, entre elas  Djalma Batista e a Constantino Nery.

Devido a dimensão do evento, o caos no trânsito mais uma vez será inevitável. Para não enfrentar maiores transtornos, o condutor de veículo e o usuário de ônibus deve se programar antes de sair de casa, além de evitar as ruas no entorno e de acesso à avenida Constantino Nery, via onde deve ocorrer o maior aglomerado de pessoas.

A 22ª edição do evento promovido pela  Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (Omeam) terá concentração às  13h, na rua Ferreira Pena, em frente à praça da Saudade. Ainda, conforme a programação, a marcha  inicia a partir das 15h em direção à avenida Ayrão, passando pela avenida Constantino Nery, com término na avenida Pedro Teixeira, no Sambódromo, onde acontecerão os shows musicais.

 Mais cedo, os agentes de trânsito irão preservar a rua Ferreira Pena, no trecho a ser interditado a partir das 6h,  e fiscalizar os estacionamentos na avenida  Ayrão, entre a rua Ferreira Pena e a avenida Constantino Nery, que ficará interditada no sentido Centro/bairro, no trecho da avenida Álvaro Maia até o cruzamento com a avenida Pedro Teixeira, de acordo com a passagem da Marcha.

De acordo com Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), após a saída da Marcha, as ruas serão liberadas, gradativamente, para o tráfego de veículos. A avenida Pedro Teixeira permanecerá interditada até o fim do evento religioso no Sambódromo.

 O fluxo da Constantino no sentido bairro/Centro ficará com circulação normal e poderá ser interditado conforme avaliação do coordenador da operação. A previsão é que o trânsito seja normalizado por volta das 23h, após a dispersão total dos participantes.

Segurança

O reforço policial vai contar com a disponibilização de mais de 310 PMs; 25 policiais civis; 120 agentes de trânsito; além das equipes médicas que serão distribuídas entre ambulâncias que estarão concentradas em pontos estratégicos do trajeto. Outra unidade móvel de atendimento emergencial será instalada na área interna do Sambódromo.

Secretarias orientam na  segurança

O presidente da Omeam, pastor Sadi Caldas, adianta que o diferencial do evento  deste ano será  o reforço no fator segurança e atendimentos de primeiros socorros.

Ele anunciou que durante o percurso haverá uma equipe preparada para fazer o distanciamento entre o público e os trios elétricos que são distribuídos ao longo do trajeto. Ambulâncias também serão disponibilizadas em pontos estratégicos ao longo do percurso e no Sambódromo, onde acontece a concentração final da caminhada.

“As tratativas referentes à segurança seguem orientação do CICC-AM (Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas). Eles também solicitaram a distribuição de banheiros químicos ao longo das avenidas percorridas”, citou Caldas.

A Omeam também vai disponibilizar 200 seguranças distribuídos entre os carros de som para manter o distanciamento entre o público e os veículos, uma das exigências feitas pela Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada de Segurança (Seagi).




Publicidade
Publicidade