Sábado, 19 de Junho de 2021
LUTO

Matriarca da família Loureiro, Dona Chloé morre em Manaus aos 94 anos

Escritora, amante da culinária e fundadora da Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas faleceu nesta sexta-feira



CHLOE1.JPG Família Loureiro é uma das mais conhecidas do Amazonas (Foto: Antônio Lima / 15/12/2009)
25/08/2017 às 13:19

A escritora amazonense  Chloé Souto Loureiro faleceu nesta sexta-feira, aos 94 anos. Ela fundou a Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas (ALCEAR) e era matriarca de uma das famílias mais tradicionais do Estado.

Chloé Souto Loureiro foi casada com Thales de Menezes Loureiro e com ele teve nove filhos - um deles já falecido. Thales Loureiro, que também já faleceu, foi fundador da tradicional empresa T. Loureiro.  Os nove filhos  também deram ao casal 23 netos e vários bisnetos, formando uma das famílias mais conhecidas da sociedade amazonense. 



 Dona Chloé, que sofria de Mal de Alzheimer, tinha na culinária um de seus maiores dons, e lançou receitas em dois livros bastante conhecidos no Amazonas: 'Doces lembranças' e 'Ao Sabor das Lembranças'.

O velório está sendo realizado na funerária Almir Neves da rua Monsenhor Coutinho, no Centro de Manaus. O sepultamento está previsto para as 16h, no Cemitério São João Batista.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.