Publicidade
Manaus
Manaus

Médicos realizam manifestação no Centro após decisão judicial que impediu greve

A decisão de fazer uma manifestação aconteceu após uma reunião na noite deste domingo (18) e a liminar expedida pela Justiça será contestada 19/08/2013 às 10:42
Show 1
Médicos do Amazonas realizam manifestação no Centro de Manaus após decisão judicial que impediu greve
acritica.com Manaus

Na manhã desta segunda-feira (19), o Sindicato dos Médicos do Amazonas e o comando de greve realizaram uma manifestação no Centro de Manaus pedindo melhorias para a categoria nas condições de trabalho. Uma greve estava marcada para iniciar nesta segunda, mas o Tribunal de Justiça do Amazonas expediu liminar na tarde do último sábado (17), determinando que os médicos com vínculo estadual e municipal não participem do movimento grevista.

A decisão de fazer uma manifestação aconteceu após uma reunião na noite deste domingo (18) e a liminar expedida pela Justiça será contestada por determinação do presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas, Dr. Mario Vianna, que orienta a classe a manter a mobilização de conscientização da população sobre a realidade da saúde pública.

De acordo o Dr. Mario Vianna o movimento grevista já é vitorioso. “A liminar do TJAM mostra que os gestores sabem do potencial da categoria médica, por isso querem barrar a greve. Estamos aguardando o parecer jurídico para restabelecer a legalidade do nosso movimento”, disse.

O Dr. Mario Vianna afirma que todos os documentos enviados para as autoridades informando sobre a greve não mencionaram a paralisação na totalidade dos serviços urgência e emergência.

“Há indícios de que a solicitação de liminar para suspensão da greve, feita pelo poder público, foi encaminhada com a afirmação de que haveria paralisação total da urgência e emergência, assim esta alegação pode ter influenciado na decisão da desembargadora”, disse.

Publicidade
Publicidade