Publicidade
Manaus
ÁREAS DRAGADAS

Medidas preventivas nos igarapés evitam transtornos durante a chuva em Manaus

A Zona Norte, que sempre é atingida por alagações, não registrou nenhuma ocorrência oriunda de transbordamento 12/09/2017 às 19:40
Show capturar
(Foto: Divulgação/Serminf)
acritica.com Manaus (AM)

Os trabalhos realizados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) puderam ser sentidos durante a forte chuva que atingiu Manaus na madrugada desta terça-feira (12). A Zona Norte, que sempre é atingida por alagações, não registrou nenhuma ocorrência oriunda de transbordamento de igarapés.  As retroescavadeiras, pás mecânicas, caçambas e todo o maquinário necessário continuam sendo usados para o trabalho contínuo nos leitos dos igarapés.

Nos oito primeiros meses do ano, mais de 76 quilômetros de áreas foram dragadas em Manaus, o que equivale a mais 50 igarapés em desassoreamento. O serviço é preventivo e tem a finalidade de amenizar os transtornos causados à população em épocas de fortes chuvas.

Com o aumento das equipes e máquinas atuando em serviços diários de dragagem, a Seminf também está atendendo, simultaneamente, mais trechos da cidade, priorizando os locais apontados pela Defesa Civil Municipal como vulneráveis.

Dentre as áreas que estão recebendo ações emergenciais está o Igarapé do Passarinho, no bairro Terra Nova, Zona Norte; igarapés do Jardim Versalhes e do bairro Redenção, ambos na Zona Oeste; igarapés do Jardim Primavera, Zona Centro-Sul; Igarapé do Mindu e o beco Ayrão, situado no bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Sul.

As equipes executaram, ainda, serviços nos igarapés dos bairros: Rio Piorini (avenida José Henrique Rodrigues). Parque 10 de Novembro (rua 5, conjunto Jardim Primavera); Flores (rua 1, comunidade Santa Cruz); Jorge Teixeira (avenida Itaúba); Adrianópolis (avenida Efigênio Sales); Novo Israel (Igarapé do Passarinho); Compensa (avenida Brasil); Cidade de Deus (comunidade Raio de Sol); Santa Etelvina (rua Matupiris); Cidade Nova (Igarapé do Netão); Terra Nova 3 (Igarapé do  Passarinho); Braga Mendes (rua Sucuri); Zumbi (rua São); Florestal (rua São Bento); Colônia Santo Antônio (rua José Falstino); Comunidade Rio Piorini, Fazendinha (rua Madre Tereza).

Publicidade
Publicidade