Publicidade
Manaus
Manaus

Melhorias na telefonia, trânsito e segurança são promessas para a Copa em Manaus

Um sistema viário melhor, contratação de novos policiais, construção de um novo prédio para o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), banda larga e telefonia móvel de qualidade são compromissos firmados pelo Governo, Prefeitura e UGP 27/01/2013 às 16:49
Show 1
Prefeito Artur em pronunciamento no estádio Arena da Amazônia
Anderson Silva Manaus

Durante a visita dos técnicos da FIFA à Arena da Amazônia, na manhã deste domingo (27) o governador em exercício, José Melo, o prefeito de Manaus, Artur Neto, e o coordenador da Unidade Gestora da Copa (UGP), Miguel Capobiango, afirmaram que melhorias no trânsito, telefonia móvel e segurança são tratadas com prioridade.

Segundo Capobiango, os envolvidos na organização do evento trabalham para evitar que erros cometidos na Copa do Mundo da África se repitam e repercutam negativamente.

Considerado por muitos um ponto problemático para a Copa, o trânsito será administrado com “olhares atentos” do prefeito de Artur Neto, que prometeu avaliar a situação dos transportes alternativos e mudar o funcionamento de algumas vias da cidade.

 “Penso muito na mobilidade urbana e penso com otimismo. Iremos ter muitas intervenções viárias e mexidas no trânsito e com dignidade iremos regulamentar os mototaxistas e transportes alternativos. O quadro de hoje não será o da Copa. Teremos organização onde não tem organização”, explicou o prefeito Artur.

O prefeito ainda prometeu semáforos inteligentes e um sistema de ônibus aperfeiçoado. 

“Teremos esse mesmo sistema de ônibus, mas aperfeiçoado. Teremos sinais inteligentes, corredores especiais independentes até da Copa e todos os cuidados para que não haja percalços nesse campo nevrálgico, vamos cuidar para que o trânsito flua em Manaus”, ressaltou durante a primeira visita ao estádio.

Segurança pública

 Questionado sobre segurança pública para o Mundial da FIFA, o governador em exercício, José Melo, destacou a contratação de mais efetivo policial e da licitação de um novo prédio para o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

 “Esse é um dos itens importante, mais importante para a vida de todos. A segurança vai ser superimportante para a copa, todas as medidas que estão no protocolo de intenções da FIFA estão sendo tomadas. Na próxima semana estaremos mandando para a licitação um novo prédio que vai abrigar a expansão do Ciops e a Policia Militar estará colocando mais dois mil homens em seus quadros para ter um policiamento necessário ate a Copa do Mundo”, garante o governador em exercício.

Telefonia móvel
A estabilidade da telefonia móvel, ao menos durante os jogos do Mundial, foi garantida pelo coordenador da Unidade Gestora da Copa (UGP), Miguel Capobiango. O coordenador não quer que o Brasil, o Amazonas, repita o mesmo feito negativo da Copa do Mundo da África, quando algumas sedes não suportaram o fluxo de telefonia móvel.

“Banda larga e telefonia móvel é uma preocupação nossa. Semana passada tivemos uma reunião com os representantes das quatro empresas de telefonia móvel e foi definida uma área para que elas coloquem seus servidores e antenas. Serão mais de 300 antenas dentro e ao redor do estádio, sambódromo e ginásio Amadeu Teixeira, que garantirão um bom funcionamento da telefonia móvel, pois não queremos que se repita o que aconteceu em algumas sedes da Copa de 2010 que ficaram sem telefonia móvel”, explicou Miguel.

 

Publicidade
Publicidade