Publicidade
Manaus
POLÍCIA

Membro da facção criminosa Família do Norte é preso em Iranduba por morte de rival

Um dos principais criminosos do município, “Sula” matou o rival Sandrinho e o comparsa que o ajudou no crime 27/09/2018 às 19:13
Show sula cfdaf023 45c6 45ef 8fae 8e8820d4e180
Foto: Jander Robson
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Apontado como um dos principais criminosos de Iranduba (a 27 km de Manaus), o integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN) Francisco de Assis Oliveira Ferreira, o “Sula”, 24, foi preso, na última terça-feira (25), por policiais do município.

Ele é autor do homicídio de Sandro do Nascimento Salvino, o “Sandrinho”, 36, morto no dia 8 de março deste ano. O crime foi motivado por tráfico de drogas, pois “Sandrinho” era o principal rival da FDN em Iranduba. Segundo a delegada Sylvia Laureana, titular do 31º DIP, “Sula” matou o rival sem autorização da cúpula.

Segundo as investigações, “Sula” invadiu a casa de “Sandrinho” e o matou na cama, enquanto dormia. O crime foi praticado junto com Rinalti Miqueias e Raimundo Nonato da Silva Barros, que foi morto dois dias depois também por “Sula”. Ele matou Raimundo para colocar a culpa no comparsa, pois a cúpula da FDN em Iranduba queria descobrir quem havia matado o rival sem autorização.

Conforme as investigações, o crime não teve aval do líder da FDN no município e “Sula” com medo de ser punido no “tribunal do crime” resolveu sozinho matar o próprio comparsa Raimundo para culpá-lo do crime. O homem, investigado por homicídio, tentativa de homicídios, roubos e tráfico de drogas, foi apresentado nessa quarta-feira (26) na sede do 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e demonstrou nervosismo e medo após a polícia revelar a trama dele.

De acordo com a delegada Sylvia, “Sula” é apontado como um integrante bastante perigoso e violento até com moradores do município. “Ele impõe muito terror, ameaça e é um dos criminosos mais conhecidos aqui de Iranduba e muitos comunitários têm medo dele”, explicou a delegada. O homem é considerado o terceiro do escalão da FDN em Iranduba e responsável por cuidar de um dos setores do tráfico na cidade.

Com mandado de prisão expedido pelo juiz Rafael da Rocha Lima, ele foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deve ficar à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade