Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
NAVEGAÇÃO

Mesmo com feriado prolongado, viagens de barco não atraem muitas pessoas

O movimento fraco na Manaus Moderna não surpreendeu os que trabalham no setor, que esperam lucrar com o Festival de Parintins



BARCO055555.jpg
17/06/2017 às 05:00

Feriado prolongado de Corpus Christi e embarcações “encalhadas” em plena Manaus Moderna. Os quatro dias de folga não têm atraído muitos interessados em viagens de barco, até mesmo por conta das longas rotas pelos rios. Não à toa, o movimento não surpreende a Associação das Agências de Transportadoras Aquaviários do Amazonas (Ageptraam), cuja expectativa está voltada para o Festival Folclórico de Parintins.

Há 16 anos trabalhando no Porto da Manaus Moderna, o agente de passagens Carlos César dos Santos comenta que feriados muito curtos nunca fazem parte da “pedida” de quem trabalha no setor. “O movimento nunca é grande nesta época, por isso não esperamos muita coisa”, destaca.



Adilza Oliveira, 47, também tem o mesmo posicionamento. De acordo com ela, que trabalha pela Agência Global, todo ano este período é “devagar”. Ainda assim, Nazareno Brito Marques, 41, da agência Nazo, conta que algumas rotas não saíram de pauta, como as de destino mais curto (Careiro da Várzea, Terra Nova, Manaquiri, entre outras).  “A demanda tem sido mesmo para quem vai ao Festival de Parintins. Acredito que as pessoas decidiram se guardar para a festa”, ressalta.

Segundo o presidente da Ageptraam, Altair Ribeiro, tendo em vista as oscilações econômicas e políticas, não houve grandes projeções quanto ao feriado católico. Da mesma forma que Nazareno, ele detalha que o foco desta época é quanto à procura dos apaixonados pelos bois-bumbás, que pretendem ir para a ilha tupinambarana.

É o caso do empresário Antônio Pereira, 53, que adora viajar, mas decidiu ficar na capital amazonense durante o feriado, pensando na disputa dos bois Caprichoso e Garantido. “Eu precisei escolher, afinal o mar não está pra peixe, ou melhor, o rio. Eu adoro viajar neste feriado, assim como para o Festival, mas este ano decidi escolher um único período para viagem em junho. E foi Parintins”, diz.

Fiscalizações
A demanda fraca, no entanto, não impediu as fiscalizações da Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN). Neste feriado, até ontem, foram abordadas 12 embarcações, das quais três foram notificadas e duas apreendidas.

Durante as abordagens, os inspetores verificam habilitação dos condutores, documentação da embarcação, material de salvatagem (coletes e boias), extintores de incêndio, luzes de navegação, lotação e estado da embarcação.

Quem tiver interesse em fazer denúncias pode procurar a Capitania dos Portos, Delegacia ou Agência mais próxima, ou encaminhar a demanda por meio dos sites www.mar.mil.br e www.dpc.mar.mil.br, através do Disk Segurança da Navegação (0800 280 7200) ou por mensagens para o WhatsApp (92) 99302- 5040.

Quase 5 mil viajaram de ônibus
Pelo menos  4.845 passageiros saíram de Manaus por terra para aproveitar o feriado, segundo levantamento parcial da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam). Ao todo foram 429 veículos fiscalizados.

Conforme o balanço, os destinos mais procurados foram Itacoatiara, Itapiranga, Presidente Figueiredo, Manacapuru e Iranduba. Da rodoviária saíram 1.635 passageiros pagantes, em 68 viagens regulares e mais uma extra. Pela barreira passaram 2.231 passageiros, enquanto pela ponte passaram 837.

No ano passado, durante o feriado prolongado (25 a 29 de maio), a Arsam observou a saída de 11.359 passageiros, após fiscalização em 200 viagens regulares e nove extras (ambas na rodoviária), 165 fretamentos (tanto na ponte quanto na barreira) e 602 táxis (tanto na ponte quanto na barreira).

Recomendações

Para uma viagem segura, a Marinha faz recomendações a passageiros e tripulação, dentre as quais:

- Esteja atento e vigilante durante a navegação.

 - Navegue a mais de 200 metros de distância da praia.

- Tenha em mãos a sua habilitação e os documentos obrigatórios.

- Conduza a embarcação com velocidade segura.

- Faça manutenção preventiva na embarcação.

 - Não consuma bebidas alcoólicas quando for conduzir.

- Conheça bem todos os lugares por onde irá navegar.

- Respeite o limite de pessoas a bordo e garanta a estabilidade da embarcação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.